Home > Comunicação > Notícias > SUS absorve usuários de planos de saúde no momento em que prefeituras enfrentam alto déficit orçamentário

SUS absorve usuários de planos de saúde no momento em que prefeituras enfrentam alto déficit orçamentário

A dívida total do Estado com os municípios na área da saúde, conforme levantamento do Cosems, está em R$ 5 bilhões. Exatamente neste momento, em que os gestores públicos buscam alternativas para tentar atender a população, as prefeituras enfrentam outro obstáculo: aumento no número de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), causado pelo desemprego que levou 2,7 milhões de brasileiros a cancelar planos de saúde.

Conforme pesquisa feita pela Mercadológica para o Jornal O Tempo, 21,5% dos usuários de planos de saúde privado em Minas Gerais cancelaram as adesões. E 81,4% dos entrevistados declararam procurar postos de saúde e hospitais públicos quando precisam de atendimento médico.

A pesquisa aponta que o desemprego é a principal causa para essa migração de plano de saúde para o SUS. Outro dado importante é que, para 55% das pessoas, a crise econômica levou os mineiros a cortarem despesas com planos de saúde nos últimos cinco anos.

Mais informações sobre a dívida do Estado com os municípios na área da saúde aqui e com a assessora do departamento de Saúde da AMM, Juliana Marinho, pelo telefone (31) 2125-2433.

Foto: banco de imagens/domínio público.

Publicado em 21 de agosto de 2018.