Home > Comunicação > Notícias > Simples Nacional: Comitê aprova prorrogação de pagamento do ISS e ICMS por 90 dias

Simples Nacional: Comitê aprova prorrogação de pagamento do ISS e ICMS por 90 dias

Com votação encerrada no  dia 3 de abril, o Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) aprovou a nova Resolução que dispõe sobre a prorrogação, por 90 dias, do prazo para pagamento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no âmbito do Simples Nacional.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM), representada pelo consultor Eudes Sippel, votou à favor da nova Resolução. Desde o dia 18 de março, quando foi publicada a prorrogação dos tributos federais no Simples, a CNM recebeu diversos pedidos de municípios para que a prorrogação também fosse ampliada para o ISS.

Com a nova Resolução, o ISS e o ICMS ficam prorrogados da seguinte forma:

I – o Período de Apuração Março de 2020, com vencimento original em 20 de abril de 2020, fica com vencimento para 20 de julho de 2020;
II – o Período de Apuração Abril de 2020, com vencimento original em 20 de maio de 2020, fica com vencimento para 20 de agosto de 2020; e
III– o Período de Apuração Maio de 2020, com vencimento original em 22 de junho de 2020, fica com vencimento para 20 de setembro de 2020.

Para o Microempreendedor Individual (MEI) a prorrogação do ISS e ICMS durará por 180 dias, conforme a Resolução CGSN 152/2020, da seguinte forma:

I – o Período de Apuração Março de 2020, com vencimento original em 20 de abril de 2020, fica com vencimento para 20 de outubro de 2020;
II – o Período de Apuração Abril de 2020, com vencimento original em 20 de maio de 2020, fica com vencimento para 20 de novembro de 2020; e
III– o Período de Apuração Maio de 2020, com vencimento original em 22 de junho de 2020, fica com vencimento para 21 de dezembro de 2020.

A CNM reforça que este foi um dos pleitos tratados durante reunião virtual do Conselho Político, no dia 24 de março. A entidade ressalta, ainda, que o setor de Turismo, atividade que impacta mais de 52 segmentos da economia, foi o primeiro a sofrer grandes percalços e talvez seja o último a sair da crise. Nesse sentido, a prorrogação do pagamento do ISS e ICMS dá fôlego para a manutenção das atividades desse e de outros setores bastante afetados com a situação da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Mais informações com a assessora do departamento Contábil da AMM, Analice Horta, pelo telefone (31) 2125-2417, e e-mail: analice@amm-mg.org.br.

Fonte: Agência CNM de Notícias.