Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Senador Rodrigo Pacheco defende reforma do pacto federativo em painel do Congresso da AMM

Senador Rodrigo Pacheco defende reforma do pacto federativo em painel do Congresso da AMM

Durante palestra para centenas de prefeitos, o senador apoiou a luta de Julvan Lacerda
em favor do municipalismo

O 36° Congresso da Associação Mineira de Municípios (AMM) apresentou na tarde desta terça-feira (14/05), o Painel Senadores de Minas, com o tema: “A importância da redistribuição de receitas entre os entes federados”. Na fala de abertura do painel, o presidente da AMM, 1° vice-presidente da CNM e Prefeito de Moema, Julvan Lacerda, afirmou ser preciso que todos se unam em prol da causa municipalista, pois os inimigos comuns de todo gestor são os problemas que assolam o Estado de Minas Gerais. “Nós precisamos ter condições de aprimorar a gestão dos municípios para melhorar a vida das pessoas. É neste sentido que estamos todos engajados”, afirma. Ainda segundo Julvan Lacerda, a AMM tem debatido de forma permanente a unificação das eleições, o fim da reeleição e o mandato político de cinco anos. “São debates necessários e que acreditamos estarem pautados no aprimoramento da gestão pública, de eficiência, e vamos fazer um movimento nacional neste sentido”, diz o presidente.

Presente no evento, o senador Rodrigo Pacheco se declarou inteiramente favorável à reforma do pacto federativo. “Não é possível mais tolerar que todos os recursos se concentrem na União, os estados recebam pouco, e os municípios menos ainda, e que todo ano, os prefeitos precisem ir à Brasília de pires nas mãos para pedir algum recurso financeiro para as políticas públicas em seus municípios”, avaliou o senador.

Rodrigo também parabenizou o presidente da AMM, Julvan Lacerda, pelo trabalho de liderança em defesa dos municípios. “Estaremos juntos nesta luta incansável em prol dos municípios mineiros.

O senador Rodrigo Pacheco afirmou ainda que defende e reconhece a importância da reforma da previdência, mas não aposta nela todas as fichas. “Ao contrário do que aconteceu no governo passado, sinto que há um ambiente propício para debatermos a reforma da previdência. Hoje, sabemos que matematicamente é necessário fazer a reforma, mesmo que ela venha com ajustes, mas reconheço que outros projetos também são importantes como a reforma tributária que, ao impor o fim de uma guerra fiscal, vai beneficiar muito nosso Estado.”

Também compuseram a mesa do painel “A importância da redistribuição de receitas entre os entes federados” os deputados Arlen Santiago, Dalmo Ribeiro e Bráulio Braz, o prefeito de Pirajuba e 3° vice-presidente da AMM, Rui Ramos, e o prefeito de Andradas e Diretor Regional Sul da AMM, Rodrigo Lopes.

Prefeitos

Para o vice-prefeito de Três Corações, Luiz Melo Paranaíba, o trabalho que tem sido feito pelo presidente da AMM, Julvan Lacerda, mostra compromisso e respeito pelos municípios. Para ele, fazer com que os senadores encorpem a causa, fortalece a luta. “Ter os senadores e o Congresso conosco só nos dá tranquilidade para fazermos a previsão de que colheremos excentes frutos para o nosso Estado em breve, afirma.

Joaquim Paranaíba, prefeito de Cruzília, avalia que a reforma do pacto federativo é a salvação dos minicípios. “Temos que lembrar que a população vive é nos municípios. Vamos poder parar de mendigar recursos para o governo federal e dar mais dignidade aos nosso munícipes”, diz

O prefeito de Candeias, Rodrigo do Celinho, fez questão de parabenizar o 36° Congresso promovido pela AMM. “É uma excelente oportunidade que temos de reunir forças, encontrar deputados, conversar com outros prefeitos e perceber que estamos todos no mesmo barco, temos problemas muito semelhantes. “Acredito que estamos muito bem representados aqui no Estado e também no Senado Federal, concluiu.

O painel faz parte da programação do 36° Congresso Mineiro de Municípios, promovido pela Associação Mineira de Municípios (AMM), nesta terça e quarta-feira, dias 14 e 15 de maio, no Estádio Mineirão. O tema deste ano é: “Novos governos. Perspectivas, Desafios e Compromisso com os Municípios.” Mais informações no portalamm.org.br.