Home > Comunicação > Notícias > Sedese compartilha ações desenvolvidas em situação de Calamidade Pública e Emergência Social

Sedese compartilha ações desenvolvidas em situação de Calamidade Pública e Emergência Social

A atuação da política de assistência social em contextos de calamidade pública e emergência permite que a população afetada tenha acesso aos serviços básicos disponíveis e seus direitos fundamentais garantidos durante e após a crise.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) procura atuar na prestação desses serviços, que visam a mitigação dos impactos para a população atingida, bem como as provisões emergenciais necessárias à sobrevivência em meio à situação de urgência gerada pelo desastre.

Nesse sentido, os serviços da proteção social especial em situações de calamidade pública e emergência social promovem apoio e proteção por meio de:

  • Oferta de alojamentos provisórios, atenções e provisões materiais, conforme as necessidades detectadas;
  • Assegurar provisões de ambiente físico, recursos materiais, recursos humanos e trabalho social;
  • Todas essas provisões devem ser empregadas na manutenção de abrigos temporários como estratégia de resposta a esses eventos;
  • Articulação e ações conjuntas de caráter intersetorial para a minimização dos danos ocasionados e o provimento das necessidades verificadas.

Clique nos documentos abaixo para saber mais:

  • O que é o serviço de proteção em situação de calamidade pública e emergência (aqui)
  • Ações iniciais após a decretação da situação de emergência ou calamidade (aqui)
  • Como acessar o recurso federal para o serviço de proteção em situação de calamidades públicas e emergências (aqui)
  • Caderno de orientações – Atuação socioassistencial em contextos de emergência e calamidade pública (aqui)
  • Orientações para os gestores de assistência social (aqui)
  • Orientações técnicas aos municípios – Recursos (aqui)
  • Protocolo de atendimento sócioassistencial em contextos de emergência e calamidade pública (aqui)

Mais informações com a assessora do da AMM Juliana Marinho pelo telefone (31) 2125-2433.