Home > AMM na imprensa > Rádio América – Caos financeiro como herança

Rádio América – Caos financeiro como herança

O mandato de Fernando Pimentel (PT) frente ao governo de Minas termina nesta segunda-feira (31). Entretanto, muitos desafios serão herdados pelo governo de Romeu Zema (Novo), que toma posse nesta terça (1). A começar pelo déficit orçamentário de R$ 11,4 bilhões já aprovado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para 2019. Em seu primeiro contato com a administração pública, Zema vai ter que escolher o que priorizar. Em quatro anos de governo, Pimentel não foi capaz de ser eficiente na contenção de gastos e na geração de receitas.Como resultado, os salários de servidores começaram a ser escalonados ainda no segundo ano do governo petista. Pimentel ainda deu o calote no funcionalismo a não pagou o 13°. Dívidas com fornecedores geraram o término de contratos e também constituíram um dos desgastes na administração petista.A dívida com as prefeituras mineiras, devido à falta de repasses constitucionais, já alcança os R$ 11 bilhões, segundo a  ().