Home > ÁREAS TÉCNICAS > Cultura e Turismo > Projeto de retomada das atividades turísticas é discutido em reunião extraordinária do Conselho Estadual de Turismo

Projeto de retomada das atividades turísticas é discutido em reunião extraordinária do Conselho Estadual de Turismo

Objetivo é abrir o diálogo sobre estratégias para a recuperação do setor

Em reunião extraordinária do Conselho Estadual de Turismo de Minas Gerais (CET), por videoconferência nesta terça-feira (27/4), a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas (Secult) Gerais debateu, juntamente com os conselheiros presentes, estratégias para a retomada gradual e segura do turismo no Estado em um futuro próximo. O encontro virtual contou com a participação de mais de 50 pessoas.

O secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais e presidente do CET, Leônidas Oliveira, falou sobre os eixos nos quais está baseado o plano de retorno seguro das atividades turísticas, destacando que o objetivo é continuar o diálogo com todo o setor para, de forma conjunta, efetivar as estratégias de retomada.

“Estamos construindo, de forma coletiva com o trade, um programa especial para o turismo dentro de três eixos de atuação: formação e qualificação, estruturação de destinos e promoção e marketing. Queremos continuar ouvindo o setor para, como a Secult vem fazendo desde o início da pandemia, estruturarmos de forma conjunta e colaborativa as estratégias mais eficazes para este momento. Pedimos a colaboração de todos para que, juntos, possamos fortalecer a imagem de Minas Gerais como um destino turístico seguro, acolhedor e com potencial de ser uma das principais alavancas para o desenvolvimento socioeconômico do estado e seus territórios”, afirmou Oliveira.

A subsecretária de Turismo, Milena Pedrosa, abordou iniciativas adotadas pela pasta para apoiar o setor no enfrentamento da crise, bem como as ações, parcerias e campanhas que estão sendo preparadas para a retomada.

“As estratégias para retomar as atividades turísticas em Minas Gerais estão sendo dialogadas em temas como ecoturismo, turismo rural, cultural e de aventura, além de turismo de experiências, principalmente ligado à cultura e à cozinha mineiras. Além disso, estamos em processo de revisão de políticas públicas essenciais para a retomada, como a de regionalização e o programa Minas Recebe. Em breve, serão lançadas campanhas, ações e parcerias que têm como objetivo difundir a importância da prática de um turismo consciente, apoiar a comercialização de destinos e roteiros turísticos de Minas Gerais, além de promover nosso Estado como um dos mais seguros e de múltiplas experiências turísticas em todo o Brasil”, detalhou Milena.

Os participantes discutiram as propostas ao longo de toda a reunião. A versão final do plano de retomada segura do turismo em Minas Gerais, incluindo as mais recentes contribuições dos conselheiros, será apresentada em nova reunião a ser agendada para, em breve, ocorrer o anúncio do Plano.

Mais informações com a assessora do departamento de Cultura e Turismo da AMM, Brenda Grandioso, pelo telefone (31) 2125-2437.

Fonte e foto: Secult MG