Home > Comunicação > Notícias > Prefeito de Andradas representa AMM em seminário sobre prefeituras e engenharia

Prefeito de Andradas representa AMM em seminário sobre prefeituras e engenharia

A Associação Mineira de Municípios (AMM) participou da abertura do seminário “Prefeituras e Engenharia: construindo Políticas Públicas de qualidade”, realizado na manhã desta quinta-feira, 25 de maio, no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas), em Belo Horizonte. O prefeito de Andradas e diretor da regional Sul, Rodrigo Lopes, representou o presidente e prefeito de Moema, Julvan Lacerda. A AMM é parceira do Crea-MG na realização do evento.

O Seminário tem a missão de contribuir com os gestores municipais na formulação, implantação e controle das políticas públicas das áreas de Engenharia e Agronomia, reunindo profissionais capacitados e disponíveis para atuar nos conselhos municipais.

Para o prefeito Rodrigo Lopes, essa aproximação entre prefeitura e engenharia é importante porque facilita a integração, além de proporcionar a qualificação técnica mais adequada para que os municípios possam pleitear melhor os recursos e, ao mesmo tempo, pensar em metodologias de planejamento futuros. “Antigamente, se construía uma cidade sem mensurar impacto, a necessidade do deficiente físico, do idoso. Estamos caminhando para uma população idosa, para a inserção dos deficientes, para a sustentabilidade. E isso tudo exige seriedade, compromisso e planejamento dos gestores públicos”, ressaltou.

O diretor da AMM destacou também a importância da parceria da Associação em eventos como esse. “O nosso presidente Julvan, que está em Unaí, representando a AMM em uma assembleia regional da AMNOR, tem a orientação de uma gestão democrática, parceira e participativa. E, por isso, estamos aqui presentes, participando sempre onde a AMM puder colaborar para a melhoria das políticas públicas dos municípios”, enfatizou Rodrigo Lopes.

 

Durante a tarde, o assessor técnico do departamento de Meio Ambiente da AMM, Licínio Xavier, proferiu uma palestra sobre as perspectivas do Licenciamento, Regularização Ambiental e Gestão Municipal, acompanhado do geógrafo Anderson Silva de Aguilar (Semad). Segundo o técnico, os municípios devem se atentar ao movimento que vem ocorrendo no processo ambiental em Minas Gerais, a descentralização do licenciamento ambiental. “Ou seja, o Estado convoca os municípios, por meio de ofício – editado em março do ano passado – a participar do processo. A meu ver, os municípios estão muito vulneráveis às ações do Ministério Público na adoção desse procedimento. Então, a posição da AMM é ter muita cautela e prudência antes de efetuar esse convênio”, alertou Licínio.

Fotos: Ascom da AMM. Publicado em 25 de maio de 2017.