Home > Comunicação > Notícias > Poté: o próximo anfitrião do “AMM nos Municípios”

Poté: o próximo anfitrião do “AMM nos Municípios”

O município de Poté, que fica na região de Jequitinhonha e Mucuri de Minas Gerais, será o anfitrião da sétima edição do projeto de interiorização “AMM nos Municípios – Encontro nas Macrorregiões”, no dia 27 de outubro de 2017.

Poté é administrada pelo prefeito Gildésio Sampaio de Oliveira, que é diretor da AMM, região de Jequitinhonha e Mucuri. O gestor está no segundo mandato e já deixou a sua marca ao desenvolver projetos em diferentes setores e conquistar veículos para a Educação e a Saúde. Na infraestrutura, há obras de calçamento e asfaltamento de ruas, além de melhorias nas estradas rurais.

História

A história do município começou há mais de 100 anos, mas há registros de que o povoado teve início há mais tempo, por ter sido habitado pela população indígena, com os “Índios Botocudos”. O distrito foi criado em 30 de agosto de 1911. E, conforme a Lei Estadual N.º 556, foi instalado no dia 1.º de junho de 1912, sendo subordinado ao município de Teófilo Otoni até 1938. Nesse ano, Poté foi emancipado, segundo o Decreto – Lei Estadual N.º 148, de 17 de dezembro.

Em 1939, já emancipado, o município passou a ter delimitadas as áreas urbanas e suburbanas da cidade, além das vilas, de acordo com Decreto – Lei N.º 9, datado de 30 de dezembro.

Perfil geológico

Há cerca de trinta anos, foi encontrado no município de Poté partes de uma ossada de uma espécie de bicho-preguiça pré-histórico gigante. O fato teve repercussão nacional, tornando o município alvo de pesquisadores e arqueólogos, no entanto, nenhum outro material relevante foi encontrado.

Hoje, a cidade é um recanto de belezas naturais, que cativam e encantam a todos que conhecem seu rico e fértil solo. O município possui expressivo potencial de calcário e é rico em metais preciosos com jazidas minerais de água-marinha, topázio, berilo, entre outros.

Turismo

No município há um monumento do Senhor Bom Jesus de Poté (Padroeiro da cidade), com aproximadamente 17 metros, no alto do chamado “Morro do Cemitério” ou “Morro do Cruzeiro”, e pode ser visto de qualquer lugar do Centro ou dos bairros mais próximos da cidade.

Há, ainda, um monumento em homenagem à população indígena (que habitou esse território e deu origem à cidade), no bairro Jardim Alvorada, mais precisamente no entrocamento das rodovias que ligam Poté a Ladainha e Poté a Teófilo Otoni.

Tradicionalmente, as festas em honra ao padroeiro da cidade, o Senhor Bom Jesus de Poté, e também a Festa Cultural de Poté, ocorrem na primeira metade do mês de setembro, reunindo pessoas das mais diversas regiões do País. Conheça a história do município de Poté aqui.

Evento em Poté

O “AMM nos Municípios” acontece no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Poté (na avenida Dr. Getúlio Vargas, 145), das 8h às 17h. Gestores, servidores públicos, parlamentares e interessados ainda podem se inscrever para participar de um dia de discussão política local e conhecimento sobre os principais aspectos da administração pública.

Confira as próximas edições do “AMM nos Municípios”:

*10 de novembro: Ipatinga – Rio Doce.
*24 de novembro: Catuti – Norte.
*1° de dezembro: Guimarânia – Alto Paranaíba.

Clique aqui para acessar a programação completa do “AMM nos Municípios” e efetuar sua inscrição.

Confira as fotos dos demais eventos na galeria de imagens do portal da AMM, clicando aqui.

Foto: arquivo da Prefeitura de Poté. Publicado em 25 de outubro de 2017.