Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Posse da nova diretoria da AMM encerra 36° Congresso Mineiro de Municípios

Posse da nova diretoria da AMM encerra 36° Congresso Mineiro de Municípios

Dever cumprido por ter atingido as metas da gestão 2017-2019 e foco no trabalho em prol do desenvolvimento dos municípios mineiros. Esse foi o tom dos discursos da posse da nova diretoria da Associação Mineira de Municípios (AMM), no encerramento do 36° Congresso Mineiro de Municípios, nesta quarta-feira (15 de maio), no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte.

Os novos diretores da maior entidade municipalista estadual do País se uniram pela segunda vez e reelegeram o presidente da AMM, vice-presidente da CNM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, com unanimidade dos votos. Em uma eleição com chapa única, os gestores mostraram a união e a força desta gestão, reeleita para o Conselho Diretor e Conselho Fiscal, biênio 2019/2021, da entidade. Dos 43 diretores apenas oito foram substituídos, em pleno acordo, com a polidez característica desta gestão.

“O Congresso Mineiro de Municípios é onde Minas se encontra e, por isso, tem uma importância fundamental e ganha maior destaque, pois está sendo realizado, neste ano, no Estádio do Mineirão, um monumento de Minas”. A declaração é do presidente Julvan Lacerda, que fez um discurso emocionado, de forma natural, mas com o exímio dom da oratória ao saber dosar as realizações municipalistas com a gratidão a todos os envolvidos nos trabalhos da AMM.

Para finalizar, Julvan anunciou que, dentre as tantas lutas da Associação que vão seguir na pauta, uma das principais será a conquista de mandato único, sem reeleição, por cinco anos para todos os cargos e coincidência das eleições para todos os poderes. “Isso representará uma economia bilionária com processos eleitorais de dois em dois anos, dinheiro esse que deve ser investido na qualidade de vida dos cidadãos”, explicou Julvan.

Solenidade

Durante a posse, o governador em exercício Paulo Brant reforçou a importância de Minas Gerais e do federalismo ao afirmar que o Estado tem uma das economias mais fortes do País mas que, assim como outras unidades da Federação, vem enfrentando muitas dificuldades. “O maior problema que o País atravessa é a centralização do poder e dos recursos nas mãos da União. Precisamos resgatar o poder dos prefeitos e dos governadores também e, neste momento, gostaria de aproveitar para pedir desculpas aos prefeitos pela apropriação indébita de recursos feitas pelo governo anterior. Gostaria ainda de agradecer à AMM que foi compreensiva com o atual governo quando ajudou a viabilizou o acordo junto ao Tribunal de Justiça. Reconheço que não foi o acordo ideal, mas foi o possível neste momento”, avaliou Brant

O prefeito de Ponto dos Volantes, Leandro Santana, foi eleito, pela primeira vez como 3º vice-presidente da AMM e afirma ter a expectativa de poder avançar ainda mais e continuar lutando em favor do municipalismo. “Os prefeitos de Minas Gerais fizeram uma grande batalha nos dois últimos anos em prol dos municípios. Liderados pelo presidente Julvan, nós conseguimos grandes conquistas. A nova diretoria da AMM, que também surgiu de uma grande união, e da qual eu faço parte juntamente com diversos outros companheiros, vai continuar consolidando estas conquistas. Eu acredito que toda a diretoria da AMM vai estar imbuída deste sentimento, que é de lutar pelas causas municipalistas que são muitas: a reforma tributária, a reforma que a gente precisa muito, que é a do pacto federativo, enfim, nós temos muita coisa para rever e, juntamente da AMM, vamos ter muitas conquistas”.

Eleito pela terceira vez a um cargo na diretoria da AMM o prefeito de Pirajuba e atual 1° vice-presidente, Rui Ramos, lembra o intenso trabalho desta gestão ao promover intensas mobilizações para garantir conquistas importantes aos municípios mineiros: “Principalmente a de não permitir a aprovação daquele fundo que iria liquidar os municípios e a negociação com o Governador Zema. É meu terceiro mandato na vice-presidência. Fui 1° vice-presidente do Antônio Julio, 3° vice-presidente neste mandato com o Julvan e agora estou voltando à 1° vice-presidência para os próximos dois anos. Estou muito feliz, porque a gente nota que a AMM cresceu muito, e o presidente Julvan, a diretoria que termina este mandato e toda a equipe comandada pelo Rodrigo Franco fizeram um grande trabalho. Tudo isso confirmado pelo número de municípios filiados à AMM, pela situação financeira da associação, pelo nosso congresso que tanto e evoluiu nos últimos anos e, principalmente, pela ações que a AMM desenvolveu nestes dois anos, neste mandato que está encerrando. O Julvan foi firme nas negociações e acabou resultando no acordo no Tribunal de Justiça. Eu vejo a AMM grande, forte, os prefeitos muito unidos, cada vez mais entorno da nossa grande liderança, que é o presidente Julvan”, ressalta.

Na avaliação do prefeito de Coronel Fabriciano, e 2° vice-presidente, Marcus Vinícius da Silva Bizarro, “A gestão 2017/2019 da AMM foi um pouco prejudicada pela situação dos problemas causados pelo Governo do Estado, mas ela mostrou para o que serve uma associação e o porquê de unidos sermos somos mais fortes. Eu acho que a gente teve uma experiência fantástica, pois, indiferentemente da bandeira partidária, nos unimos em uma causa única: o municipalismo, que é para isso que a AMM foi criada. Agora, na próxima gestão que a gente está entrando, em 2019/2021, eu agradeço a confiança do presidente Julvan Lacerda; a gente espera avançar com outras lutas políticas com relação ao municipalismo, como capacitar os nossos servidores e fortalecer cada dia mais as prefeituras. Eu creio que o pior já passou, pois temos um governo estadual com a qual nós conseguimos ter um diálogo mostramos ainda que nossa gestão é forte, tanto é que nós conseguimos levar o presidente Julvan Lacerda à vice-presidência da Confederação Nacional dos Municípios, fato histórico que até hoje, em Minas Gerais, não tinha ocorrido. Eu desejo sorte para nós, para todos nós, e que os prefeitos estejam unidos e esqueçam um pouco as bandeiras partidárias”, reforçou.

O prefeito de Andradas, Rodrigo Lopes, ex-diretor da regional Sul da AMM, tomou posse como 1° secretário, da diretoria executiva. O gestor explica que a gestão nos últimos dois anos sobrepôs todas as anteriores, embora todas as demais tenham sido ótimas gestões. “Conseguimos maior independência do governo, o que permitiu o fortalecimento do discurso municipalista. Conseguimos transpor a questão fiscal do Estado e agora os pagamentos estão em dia. Agora, a expectativa é de que esta gestão que se inicia seja melhor ainda. Nós conseguimos aglutinar todos em uma chapa única, o que é muito difícil, e é muito bom. Hoje, temos o número histórico de 703 municípios afiliados, de um total de 853. Isso mostra a união dos prefeitos mineiros”, avalia.

Perfil

O presidente Julvan Lacerda, 39 anos, é bacharel em Direito, delegado de polícia licenciado, e prefeito de Moema, em seu segundo mandato. Foi eleito presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM) em maio de 2017. Já em maio de 2018, ele conseguiu emplacar Minas Gerais na diretoria da Confederação Nacional de Municípios (CNM), sendo empossado como 1º vice-presidente da entidade.

Em seu discurso durante a posse da nova diretoria da AMM, o presidente Julvan Lacerda fez questão de agradecer a Deus, à família, ao vice-prefeito de Moema, Alaelson Antônio de Oliveira, e aos servidores da Associação pelo empenho, trabalho e dedicação. Ele ressaltou que está feliz com as conquistas do biênio passado. “Disse que queria chegar a 700 associados e, hoje, temos 703 municípios filiados”, comemorou sob aplausos da plateia.

A posse da nova diretoria encerrou o 36º Congresso Mineiro de Municípios, que aconteceu nos dias 14 e 15 de maio, no Estádio Mineirão.

Conheça os integrantes da chapa “Prefeitos Unidos. AMM Forte”   

CONSELHO DIRETOR 

  • Julvan Lacerda

Presidente – Prefeito de Moema

  • Rui Ramos

1º Vice-presidente – Prefeito de Pirajuba

  • Marcus Vinícius da Silva Bizarro

2º Vice-presidente – Prefeito de Coronel Fabriciano

  • Leandro  Santana

3º Vice-presidente – Prefeito de Ponto dos Volantes

  • Rodrigo Lopes

1º Secretário – Prefeito de Andradas

  • Soraia Vieira de Queiroz

2ª Secretária – Prefeita de Guidoval

  • Geraldo Martins Godoy

1º Tesoureiro – Prefeito de Periquito

  • Hideraldo Henrique Silva

2º Tesoureiro – Prefeito de Boa Esperança

 

CONSELHO FISCAL 

Efetivos

  • Higino Zacarias de Sousa – Prefeito de Ritápolis
  • Geraldo Magela Barbosa – Prefeito de Onça de Pitangui
  • Armando Greco Filho – Prefeito de Abaeté

Suplentes

  • Marisa de Souza Alves – Prefeita de Bocaiúva
  • Wellington Rodrigues  –  Prefeito de Mar de Espanha
  • Wilber Jose de Souza – Prefeito de Bela Vista de Minas

DIRETORES REGIONAIS 

Região Sul 

  • Iza Menezes – Prefeita de Nepomuceno
  • Rodrigo Rieira– Prefeito de Itajubá
  • Walker Americo Oliveira– Prefeito de São Sebastião do Paraíso

Rio Doce

  • André Merlo – Prefeito de Governador Valadares
  • Edmo Cesar Feliciano Reis – Prefeito de Itabirinha
  • Walter Junior – Prefeito de Nova Módica

Triângulo

  • Marcos Coelho de Carvalho – Prefeito de Araguari
  • Benice Maia – Prefeita de Itapagipe
  • Paulo Roberto Barbosa – Prefeito de Planura

Zona da Mata

  • Willian Lobo – Prefeito de Cataguases
  • Ioannis Konstantinos – Prefeito de Muriaé
  • Claudiomir José Martins – Prefeito de São Sebastião da Vargem Alegre

Norte

  • Valmir Morais de Sá – Prefeito de Patis
  • José Nilson Bispo de Sá – Prefeito de Padre Carvalho
  • José Barbosa Filho – Prefeito de Catuti

Noroeste

  • Edgar José de Lima – Prefeito de Guarda-Mor
  • José Gomes Branquinho – Prefeito de Unaí
  • Edmar Xavier Maciel – Prefeito de João Pinheiro

Jequitinhonha/Mucuri

  • Walid Nedir Oliveira – Prefeito de ladainha
  • Evaldo Lucio Peixoto Sena – Prefeito de Medina
  • Roberto Botelho – Prefeito de Jequitinhonha

Centro-Oeste

  • Wirley Rodrigues Reis – Prefeito de Itapecerica
  • Adeberto Jose de Melo – Prefeito de Piumhi
  • Renato de Faria Guimarães – Prefeito de Igaratinga

Central

  • José de Freitas Cordeiro – Prefeito de Congonhas
  • Ilce Rocha – Prefeita de Vespasiano
  • Maurílio Guimarães – Prefeito de Curvelo

Alto Paranaíba

  • Paulo César de Almeida – Prefeito de Campos Altos
  • Agnaldo Silva – Prefeito de Cruzeiro da Fortaleza
  • Adílio Alex dos Reis – Prefeito de Guimarânia