Home > AMM na imprensa > Portal Estado de Minas – Após sessão tumultuada, votação de Fundo Extraordinário fica para próxima semana

Portal Estado de Minas – Após sessão tumultuada, votação de Fundo Extraordinário fica para próxima semana

Texto permite que receitas que podem vir para os cofres mineiros no futuro para o pagamento dos restos a pagar deixados neste ano
A votação do Fundo Extraordinário do Estado de Minas Gerasi (Femeg) ficou para a terça-feira da próxima semana. Após a sessão durar ao longo da tarde desta quinta-feira a bancada governista acabou esvaziando a sessão e os trabalhos foram encerrados, em meio a protestos de prefeitos e bate-boca nas galerias.

O líder de governo, deputado André Quintão (PT), afirmou que o projeto é polêmico e alguns prefeitos e deputados não entenderam a proposta. “Será importante continuarmos a conversar sobre o projeto nos próximos dias para esclarecer as dúvidas”, disse Quintão.

Ele negou que a articulação do governo para adiar a votação teve como objetivo ganhar tempo para oferecer benefícios e atender demandas de deputados que são contra o governo.

No momento em que a sessão foi interrompida os prefeitos protestaram muito nas galerias. O deputado Rogério Correia (PT) afirmou que não aceitaria xingamentos de baixo nível. Na tribuna ele afirmou que ouviu prefeitos chamarem a deputada Marilia Campos (PT) de vagabunda.

Parlamentares de oposição ao governo estadual atacaram o adiamento da sessão. Segundo o deputado Gustavo Valadares a oposição tinha 5 votos a mais do que o governo para derrubar a criação do Fundo Extraordinário.

“Seja amanhã, segunda-feira, terça-feira ou no dia do Natal, Pimentel terá uma derrota certa”, disse Valadares.

O presidente da , prefeito , disse que os prefeitos voltarão na Assembleia na próxima semana. “A tentativa de vencer pelo cansaço não dará certo, vamos voltar com mais prefeitos. Estão todos indignados com essa proposta do governador, um escárnio”, disse.

Notícia original, aqui.