Home > ÁREAS TÉCNICAS > Cultura e Turismo > Pesquisa de universidade com dados da Plataforma Integrada do Turismo de Minas Gerais é destaque internacional

Pesquisa de universidade com dados da Plataforma Integrada do Turismo de Minas Gerais é destaque internacional

O objetivo da pesquisa foi mostrar como os dados de georreferenciamento de atrativos turísticos podem servir de embasamento científico para o planejamento do turismo

Uma pesquisa do curso de Turismo da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) que utilizou como base os dados dos inventários de oferta turística, atualmente disponibilizados na Plataforma Integrada de Turismo (PIT), da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), teve destaque internacional. Os resultados do estudo “Análise espacial da oferta turística do Circuito dos Diamantes: subsídio ao planejamento do Turismo” foram apresentados no Fórum Internacional do Iguassu, em 2019, e publicados na revista de artigos acadêmicos Applied Tourism.

Uma das pesquisadoras do estudo, a turismóloga Laís Maia explica que o objetivo da pesquisa foi mostrar como os dados de georreferenciamento de atrativos turísticos, que constam nos inventários de oferta turística, podem servir de embasamento científico para o planejamento do turismo na Instância de Governança Regional (IGR) Circuito dos Diamantes.

“Com este estudo a gente pode perceber que a oferta turística do circuito era centralizada, basicamente, nos dois polos principais, que são os municípios de Diamantina e Serro. Então, conseguimos ver a aplicação do inventário turístico na prática, pois por meio dele foi possível ter uma compreensão melhor de onde devem ser feitos mais investimentos e ações para descentralizar e distribuir melhor as atividades e ofertas turísticas, que é uma das premissas do Circuito dos Diamantes”, explicou a pesquisadora.

O vídeo completo sobre o projeto pode ser assistido AQUI e a publicação da Revista Applied Tourism está disponível AQUI.

Mais informações com a assessora do departamento de Cultura e Turismo da AMM, Brenda Grandioso, pelo telefone (31) 2125-2437.