Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Palestras técnicas apresentam soluções aos gestores municipais no primeiro dia do Congresso da AMM

Palestras técnicas apresentam soluções aos gestores municipais no primeiro dia do Congresso da AMM

As mais variadas forma de gestão de recursos financeiros, de pessoas e de processo organizacionais e estratégicos estiveram no centro dos debates promovidos nesta terça-feira (14/05), primeiro dia do 36º Congresso Mineiro de Municípios, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Na Sala Tupi, a Técnica da Saúde na Confederação Nacional de Municípios (CNM),Carla Albert, apresentou temas ligados ao setor, que chamaram a atenção dos participantes. Foi elaborado pela especialista um panorama da saúde, bem como discutidos os temas: as portarias de consolidação de 2017, a situação do Programa Mais Médicos, o pagamento do piso de agentes comunitários e combate à endemias, além dos conceitos para excução do planejamento e financiamento para saúde.

Carla Albert afirma que o setor ligado à saúde sempre foi vítima de notícias equivocadas que chegam via redes sociais. “Eu sempre sugiro: não acreditem em nada que chegue via Whatsapp, consultem a portaria, as fontes confiáveis e, em caso de dúvidas, consulte a CNM, pois temos muitos materiais informativos e cartilhas para ajudar o gestor municipal da saúde”, afirma.

Na sala Vila Nova, o tema abordado na manhã desta terça-feira, foi “Os desafios do secretariado municipal na gestão pública”. De acordo com o prefeito de Santa Bárbara, Léris Braga, a sociedade precisa de bons gestores, e de boas de estratégia de inovação.”Não acredito que colocar a culpa na burocracia e na incompetência de servidores públicos seja a melhor estratégia para o nosso secretariado. Este já é um discurso de derrota. Precisamos enfrentar os problemas da administração pública de cabeça erguida, com desenvolvimento de pessoas e processos”, avalia.

Na sala Patrocinense, aconteceu, durante toda a manhã, o II Seminário de Tecnologia e Inovação para a Gestão Pública Municipal. O diretor de Políticas Públicas e Inovação da Belotur, Marcos Vinícius Boffa, apresentou a experiência da ação piloto do “P4Tree”, projeto do Departamento de Química da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) que desenvolveu uma tecnologia capaz de separar o fósforo presente na urina e reaproveitá-lo na agricultura. A ação foi desenvolvida durante o Carnaval de Belo Horizonte e pretende transformar parte da urina coletada pelos banheiros químicos em adubo. “Todos os municípios devem pensar em estratégias de inovação como esta, dar espaço e promover projetos inovadores e sustentáveis e, se possível, buscar fazer parcerias com instituições acadêmicas, pensando no desenvolvimento econômico e social das cidades”, destaca o diretor Marcos Boffa.

As palestras fazem parte da programação do 36° Congresso Mineiro de Municípios, promovido pela Associação Mineira de Municípios (AMM), nesta terça e quarta-feira, dias 14 e 15 de maio, no Estádio Mineirão. O tema deste ano é: “Novos governos. Perspectivas, Desafios e Compromisso com os Municípios.” Mais informações no portalamm.org.br.