Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Painel mostrou a importância do planejamento e da comunicação eficaz como ferramentas positivas à gestão pública

Painel mostrou a importância do planejamento e da comunicação eficaz como ferramentas positivas à gestão pública

Depoimento do porta-voz do corpo de bombeiros, tenente Pedro Aihara, emocionou participantes do Congresso ao reforçar a importância da Comunicação para a gestão pública

Empatia, solidariedade e muita competência. Estas são as características unânimes da atuação do porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, tenente Pedro Aihara. Toda a qualidade e eficiência do trabalho de Aihara pôde ser conferida de perto, nesta quarta-feira (15/05), durante a palestra “Gestão de Crise: a experiência do porta-voz do corpo de bombeiros na tragédia de Brumadinho”, que integrou o painel de Comunicação, durante o 36° Congresso Mineiro de Municípios da AMM, no Estádio do Mineirão.

Aplaudido em pé, o tenente emocionou os presentes ao fazer relatos comoventes sobre as ações de salvamento no caso da tragédia ambiental da Barragem do Córrego do Feijão, na cidade de Brumadinho. “Temos que nos lembrar sempre que, mais importante do que aquilo que vamos falar, é o que as pessoas gostariam de ouvir. Nestas horas, a comunicação adequada é uma ferramenta essencial para ajudar a dar conforto às vítimas e aos seus familiares”, disse.

Ao longo da palestra, o tenente detalhou os processos pelos quais deve passar uma comunicação eficiente, principalmente em um momento de gestão de crise. “Evidentemente que cada evento, demanda um procedimento diferente, mas temos orientações básicas que, se observadas, como o planejamento, a escolha de um bom porta-voz e o detalhamento das ações ao longo do processo, ajudam muito no contingenciamento da crise e na manutenção de uma boa imagem dos gestores frente à imprensa e à opinião pública”, afirmou o tenente Aihara.

Para o Coordenador-geral de Comunicação da AMM, Lu Pereira, a palestra de Aihara reforça a importância de uma comunicação eficaz no âmbito da gestão municipal. “Muita gente tem uma noção equivocada de que a comunicação é apenas a divulgação de notícias, o tenente Aihara deixou claro que não se trata apenas disso. A comunicação eficiente é a melhor na maneira de estabelecer vínculos com as pessoas e gerenciar crises e eventos não muito positivos, aos quais todos estão sujeitos”, avalia o coordenador.

Para a prefeita de Nepomuceno, Luiza Maria Lima Menezes (Iza), a palestra de Aihara foi uma verdadeira aula de como os prefeitos e demais gestores da administração pública devem utilizar a comunicação. “Tenho certeza que todos os que assistiram à apresentação do tenente vão sair daqui hoje com uma nova visão de comunicação. Muitos prefeitos ainda não sabem utilizar esta ferramenta de maneira eficaz, mas agora entendem que, sem uma comunicação estruturada, a vida dos que estão na linha de frente nas prefeituras se torna muito mais complicada, diz Iza Menezes.

Na avaliação do 1º Secretário da AMM e prefeito de Andradas, Rodrigo Lopes, a comunicação é uma das principais ferramentas para a gestão pública, pois faz o elo entre a administração municipal e a população.

Painel também discutiu a relação entre Comunicação e Política

Os participantes do 36° Congresso Mineiro de Municípios da AMM também puderam conferir os debates sobre o tema: Comunicação e Política: o desafio da dupla função. Recebidos por um auditório lotado, participaram do painel o deputado Estadual e repórter da TV Alterosa, Rafael Martins, o deputado Estadual e jornalista da rádio Itatiaia, João Vitor Xavier, e o deputado Estadual, Douglas Melo, que é publicitário e radialista da Rádio Musirama FM.

Para o deputado João Vítor Xavier, o comunicador é um cidadão como todos os outros. “Busco sempre desistigmatizar esta questão, pois não vejo ninguém questionar o sujeito que é médico e deputado ou advogado e deputado. Somos a representação de todos, é a oportunidade de todos serem representados sendo votados ou votando. Nós, como jornalistas, temos uma visão de mundo para colaborar e, no fundo, o processo democrático é isso, todo mundo”, avalia.

João Vítor Xavier avalia que a política tem passado por uma crise no Brasil, e será a comunicação feita com excelência que irá ajudar a reverter este cenário. “Todo mundo que faz política tem que reaprender a lidar com a comunicação, a lidar com as pessoas. O cidadão tem que ter sempre um canal aberto conosco seja para nos elogiar, mas, sobretudo, para nos cobrar”. Ele ainda complementa afirmando o fluxo da comunicação mudou e que todos os gestores públicos precisam rever seus conceitos. “Hoje, somos nós, os comunicadores, que vamos discutir no ar o que as pessoas estão dizendo e isso impacta minhas duas atividades: o jornalismo e a política”, revela.

O deputado e jornalista Rafael Martins foi enfático ao afirmar que ninguém se elege porque está em um veículo de comunicação, mas porque sabe falar com as pessoas. Para ele, se relacionar bem com o cidadão é fundamental. “É preciso que o gestor saiba encarar a situação e os problemas de frente, ele não pode se esconder. Só a comunicação vai garantir a ele o respeito da população. A demagogia não resiste à realidade”, concluiu.

O painel fez parte do 36º Congresso Mineiro de Municípios, que aconteceu nos dias 14 e 15 de maio, no Estádio Mineirão. Confira algumas imagens do evento no Flickr (aqui).