Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Painel aborda experiência exitosa no Turismo de Capitólio (MG) e importância da governança

Painel aborda experiência exitosa no Turismo de Capitólio (MG) e importância da governança

O caso de sucesso que transformou a cidade de Capitólio em uma referência no País e explicações sobre a governança em políticas públicas para o Turismo fizeram parte das palestras do prefeito da cidade anfitriã do I Seminário Nacional de Governança para o Turismo, José Eduardo, e de especialistas no tema. A plenária ocorreu na tarde desta quinta-feira, 11 de julho, e prendeu a atenção do público na cidade mineira.

Presente no evento, o presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), primeiro vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, destacou que o turismo é uma indústria forte no Brasil. “É nesse potencial que o Brasil, Minas, e essa região, em especial, tem para explorar, é que nós precisamos investir. A Administração Pública se preparar, se capacitar, para ter estrutura adequada para atender o Turismo. E mais do que isso. As parcerias que a gente tem feito, CNM e AMM, com as prefeituras e trazendo o Sebrae, desperta a vocação empreendedora da comunidade local, gera emprego e renda e melhora a qualidade de vida, porque é esse o nosso objetivo. O Turismo é uma Indústria forte no Brasil.

Capitólio possui menos de 10 mil habitantes, mas mesmo assim se consolida cada vez mais no cenário nacional e internacional de destinos turísticos mais procurados pelos turistas. “O nosso grande desafio foi estabelecer tanto na esfera pública quanto na privada a busca de um padrão de excelência na oferta dos serviços turísticos”, disse o gestor.

Para o prefeito José Eduardo, essa evolução só foi possível após a apresentação de uma proposta, há seis anos, em que pretendia a recuperação da autoestima da população e possibilitar que a cidade tivesse condições para receber o turista com qualidade. O desenvolvimento turístico, na avaliação do gestor, só foi possível porque englobou eixos voltados à gastronomia, infraestrutura e opções para lazer.

Para isso, a prefeitura definiu ações institucionais que estimularam o projeto. Foram feitas capacitações, investimentos prioritários na infraestrutura urbana e equipamentos públicos, visitas técnicas e estímulo à iniciativa privada. Uma parceria firmada com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) contribuiu para mudar o entendimento de agentes públicos e privados.

A modernização da estrutura de arrecadação tributária foi outro ponto do projeto, sendo primordial para alavancar a arrecadação sem aumento de impostos. A criação e adequação de legislações, como a Lei Geral do Turismo e decretos, foram outros destaques anunciados pelo prefeito.

Resultados

Os resultados foram aparecendo e hoje a cidade tem reconhecimento nacional. Em seis anos, a arrecadação do município dobrou e saltou dos R$ 19 para R$ 38 milhões. A melhoria da infraestrutura urbana da cidade oferecida aos turistas e à população, melhoras significativas nos serviços turísticos, a oferta de empregos e renda também foram consideráveis.

Governança

Essenciais para o desenvolvimento do Turismo a governança e o controle nortearam a apresentação do auditor de contas do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul (TCERS), Valtuir Pereira Nunes. O palestrante elencou alguns passos que levam a uma gestão eficiente por meio da boa governança e isso, na avaliação do especialista, passa necessariamente pela transparência. “A sociedade tem que conhecer quais são os projetos da prefeitura, qual é o orçamento do município e quanto será investido, inclusive no Turismo, para planejar o que deve ser feito”, argumentou.

A auditoria interna, gerenciamento de riscos, monitoramento, auditoria interna, diretrizes na prestação de contas, estabelecer metas também foram lembrados pelo palestrante como caminhos para boa governança. O auditor concluiu sua exposição ao abordar os tipos de controle, passando por abordagens dos controles interno, externo, judicial, fiscal e eletrônico.

O painel também teve a participação do representante da Associação Brasileira de Construtora de Barcos e Implementos que abordou a importância da cadeia náutica em municípios com potencial turístico, do representante da Secretaria de Turismo do Estado de Minas Gerais (Setur-MG), Márcio Ribeiro; e do prefeito de Carmo do Paranaíba (MG), César Caetano, que trouxe uma experiência exitosa no Turismo da sua cidade.

O Seminário Nacional de Governança para o Turismo é promovido pela CNM em parceria com a AMM e a prefeitura de Capitólio. Ainda conta com o apoio institucional do Sebrae. A programação do evento continua ao longo desta sexta-feira, 12 de julho.

Fonte: Agência CNM de Notícias e foto de Allan Oliveira.

Confira, também, o vídeo do presidente Julvan Lacerda e mais informações (aqui) e na AMMTV (clique aqui).