Home > Comunicação > Notícias > O desenvolvimento sustentável das hidrovias brasileiras foi pauta de série de eventos em três municípios mineiros

O desenvolvimento sustentável das hidrovias brasileiras foi pauta de série de eventos em três municípios mineiros

O potencial, impacto econômico e social do transporte aquaviário para o transporte de cargas e passageiros, ao turismo, ao escoamento da produção agropecuária e sua interação com a geração de energia hidroelétrica no Estado foram questões apresentadas na série de eventos “Diálogos Hidroviáveis” – Programa de Integração Permanente de Iniciativas para o Desenvolvimento Sustentável das Hidrovias Brasileiras. Os eventos aconteceram nos municípios mineiros de Alfenas, Três Marias e Pirapora, de 22 a 26 de julho de 2019.  

A Associação Mineira de Municípios (AMM) apoiou os encontros, uma iniciativa destinada à promoção do transporte aquaviário. Nesta fase regional, os temas debatidos vão se ajustando às realidades locais, mantendo coerência e linearidade com os avanços conquistados e serão base para elaboração da programação dos debates. 

O prefeito de Boa Esperança e 2º Tesoureiro da AMM, Hideraldo Henrique Silva, foi representante do presidente da Associação, Julvan Lacerda, no primeiro evento, em Alfenas. Em Três Marias, a entidade foi representada pelo prefeito de Felixlândia, Vanderli de Carvalho Barbosa (Nonô), que, em nome da presidência da AMM, ratificou a importância de se integrar os jovens na preservação ambiental e sociocultural do Rio São Francisco.   

Ao final da mesa de debates, o prefeito Adair Divino da Silva (Bem-te-vi), anfitrião do evento, assegurou que voltará a disponibilizar o transporte e o lanche para os alunos durante todo ano de atividades para viabilizar a retomada de um projeto local. O Capitão Nicácio, da Marinha do Brasil, se dispôs a oferecer uma série de visitas às escolas públicas da região, visando estimular o interesse pela cultura náutica, apresentando para os estudantes todo universo de possibilidades sociais e profissionais que se apresentam na região, relacionadas às atividades da cadeia produtiva da navegação.  

No dia 26, foi o encerramento da série de eventos com as palestras em Pirapora, que tiveram como tema “Desafios do São Francisco: Gestão e Intermodalidade”. O prefeito de Patis, Walmir Morais de Sá, representou o presidente da AMM, Julvan Lacerda, no evento.  

Foram três edições em Minas Gerais em virtude do forte potencial hidroelétrico, simbolizado pelos Lagos de Furnas e Três Marias, e pela emblemática localização do vapor Benjamim Guimarães no Rio São Francisco, em Pirapora. Embora o Estado não possua nenhuma grande hidrovia, é berço de três importantes Bacias Hidrográficas, cuja gestão da vazão tem reflexo imediato na navegabilidade de diversas hidrovias, entre elas a mais importante economicamente, a Tietê Paraná, e a que impacta o maior número de estados no País, a do Rio São Francisco.  

Os eventos foram promovidos pela Agência de Desenvolvimento do Corredor Norte (ADECON), com a coordenação geral da Executiva Promoções, idealizadora do programa; apoio institucional do Governo do Estado de Minas Gerais, da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado do Mato Grosso (Aprosoja MT), do Movimento Pró-Logística do Mato Grosso, da Marinha do Brasil e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), com apoio governamental dos ministérios da Infraestrutura, de Minas e Energia, do Meio Ambiente e do Turismo.  

Mais informações sobre os eventos no site: http://hidroviaveis.com.br.