Home > ÁREAS TÉCNICAS > Cultura e Turismo > Na terra de JK, presidente da AMM defende legado desenvolvimentista do ex-presidente como exemplo para gestões futuristas nos municípios

Na terra de JK, presidente da AMM defende legado desenvolvimentista do ex-presidente como exemplo para gestões futuristas nos municípios

Nesta sexta (23), o município de Diamantina, uma das cidades históricas mais conhecidas e visitadas do País, foi palco de um importante encontro de prefeitos da região para discutir o turismo regional, que é uma das grandes apostas para a retomada da economia, principalmente nos pequenos municípios. Para orientar melhor os gestores e incentivar o empreendedorismo no setor, a Associação Mineira de Municípios (AMM), a Confederação Nacional de Municípios (CNM) e o Sebrae participaram do encontro promovido pela prefeitura do município.

Prefeitos, prefeitas, vices, vereadores, lideranças políticas, institucionais, eclesiásticas e empresariais de diversos municípios da região participaram do evento e puderam ouvir palestras com temas que podem orientá-los no engajamento turístico e para que eles possam desfrutar das belezas e da cultura local. O evento contou com a apresentação de artistas locais, o Choro Malandrinho e a Orquestra Sinfônica Jovem e/ou Banda Mirim.

Participaram da abertura vice-governador, Paulo Brant; o prefeito de Diamantina e anfitrião do evento, Juscelino Roque; o presidente da AMM e vice-presidente da CNM, Julvan Lacerda; Presidente da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais e prefeito de Itapecerica, Wirley Reis (Têko); Defensor Público-Geral, Gério Patrocínio Soares; e representantes dos Consórcios Intermunicipais da região.

O vice-governador abriu o evento elogiando a organização e a importância do encontro. “Quando a gente vai aos municípios e conversa com os prefeitos vemos como a fonte primária nasce ali. A raiz da democracia brasileira está no município. E, aqui, é um local propício para falarmos de desenvolvimento.”

O presidente da AMM, Julvan Lacerda, destacou a importância da cidade para a cultura mineira e nacional e disse que ela é um exemplo a ser seguido. “Estamos, aqui, em Diamantina, esse patrimônio cultural da humanidade, tão bem zelada pelo prefeito Juscelino, cuidando desse patrimônio que é nosso, dos mineiros e de todo mundo, com tantas riquezas culturais históricas, artísticas, musicais e naturais e que podem ser exploradas pelo turismo para poder gerar riqueza, renda e desenvolvimento”, afirmou Julvan Lacerda, que realçou, ainda, que Diamantina emprestou Juscelino Kubitschek para Minas e para o Brasil, um dos homens públicos mais respeitados do País, com gestões planejadas em desenvolvimento e progresso.

Além de falar da importância do turismo para o desenvolvimento dos municípios, o presidente da AMM enfatizou também a principal luta municipalista, que é a revisão do pacto federativo. “A injustiça federativa, a opressão institucional, a relação que deveria ser de parceria é uma relação de montaria do Estado e da união com os municípios. Esse é um problema institucional, que mudamos com a alteração da legislação, com o movimento municipalista, fazendo pressão. Mas tem o outro problema que nos afeta de dentro para fora, que é a falta de capacidade técnico-gerencial que ainda temos nas prefeituras”, ressaltou.

O prefeito anfitrião do evento, Juscelino Roque, também ressaltou a importância do turismo para o desenvolvimento regional e de como eventos como esse podem fazer a diferença. “Agradeço a toda a equipe da AMM, da CNM, e deixo aqui esse desejo nosso que é comum de que as cidades se desenvolvam, comecem a olhar para dentro, porque nós temos um potencial extraordinário, como o turístico, econômico, de crescimento humano”, disse.

Juscelino Roque também elogiou a atuação de Julvan Lacerda à frente da AMM. “Estamos felizes pelo encontro que vocês nos ajudaram a promover. Você está representando muito bem a dignidade dos prefeitos de Minas Gerais e do Brasil.”

Palestras

As palestras do evento abordaram importantes temas. A primeira foi sobre o potencial do turismo brasileiro – Desafios do Gestor Público para tornar o município um destino mais competitivo, com o palestrante: Mário Nascimento – Presidente da Organização Brasileira das Cidades Patrimônio Mundial (OCBPM) e consultor de Turismo da CNM.

A segunda palestra, sobre o tema “Conhecendo o Município sob a ótica do Turismo – Planejamento, tendências e destaques técnicos”, foi com a palestrante Marta Feitosa, técnica em Turismo da CNM.