Home > Comunicação > Notícias > Municípios têm até dia 18 para adesão ao 2º ciclo de descentralização farmacêutica

Municípios têm até dia 18 para adesão ao 2º ciclo de descentralização farmacêutica

Para o município participar, deve escolher uma unidade do programa Farmácia de Minas ou uma farmácia dentro das Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) para passar a dispensar o CEAF

As prefeituras mineiras interessadas em participar da Política de Descentralização do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (PDCEAF) têm até a próxima segunda-feira, 18/4, para aderirem ao próximo ciclo do programa.

A proposta da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) é descentralizar a entrega de medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF), que auxiliam no tratamento de doenças e agravos de baixa prevalência, de uso crônico prolongado ou de alto valor unitário, definidos pelos Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT). Promovida desde o final de 2021, a PDCEAF beneficia pacientes acometidos por doenças como lúpus, doença pulmonar obstrutiva crônica, Transtorno do Espectro Autista, psoríase, esclerose múltipla, Alzheimer e Parkinson, entre outras.

A PDCEAF foi instituída a partir da Resolução 7.628/2021, em agosto, e já recebeu a adesão de 304 municípios, onde estão 72.646 pacientes, o que representa 37,2% dos 195 mil contemplados pelos componentes especializados. Dos municípios que aderiram, 88 já iniciaram a execução da política, facilitando o acesso de 21.213 pacientes. As maiores adesões de municípios foram registradas nas URS Manhuaçu (100%), Montes Claros (89%), Unaí (75%) e Pirapora (71%). Até então, a dispensação dos medicamentos do CEAF era centralizada nas 28 Regionais de Saúde do Estado.

Para o município participar, ele deve escolher uma unidade do programa Farmácia de Minas ou uma farmácia dentro das Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) para passar a dispensar o CEAF. Além disso, é necessária a presença de, no mínimo, um profissional farmacêutico devidamente registrado no Conselho Regional de Farmácia para coordenar a execução descentralizada nas farmácias municipais.

Caso seja necessária a adequações de infraestrutura para receber os medicamentos e os pacientes, a Superintendência de Assistência Farmacêutica (SAF) da SES-MG tem publicado periodicamente resoluções para obras e aquisições de equipamentos. A política já destinou, em 2021, R$ 23 milhões para obras e instalações nas farmácias participantes e para aquisição de mobiliário e equipamentos, e para 2022 há R$50 milhões disponíveis para essas adequações.

O período de adesão desse ciclo do PDCEAF se iniciou em 1/3 e se encerra em 18/4. A execução dessa etapa com as prefeituras que fizerem a adesão vai de 1/5 a 31/8.

Os gestores que tiverem dúvidas podem acessar a Central de Ajuda da SAF (https://sigafajuda.wordpress.com/documentos/componente-especializado/politica-de-descentralizacao-do-componente-especializado-pdceaf/duvidas-frequentes-pdceaf/) ou entrar em contato com a respectiva Unidade Regional de Saúde.

Clique aqui para conferir o percentual de adesão dos municípios por Unidade Regional de Saúde e a população potencialmente beneficiada.

Mais informações na SES-MG.

Fonte: SES-MG
Foto: Marcus Ferreira