Home > Comunicação > Notícias > Mineiros podem apontar prioridades do Plano Estadual de Saneamento Básico

Mineiros podem apontar prioridades do Plano Estadual de Saneamento Básico

Em nova etapa de elaboração do Plano Estadual de Saneamento Básico (Pesb-MG), a conferência estadual “Unindo Minas pelo Saneamento” vai apresentar aos mineiros a síntese das etapas concluídas até aqui, como panorama, objetivos e metas, déficit e atendimento, programas e ações. A reunião on-line está agendada para 11 de abril, quando a comunidade poderá apontar as frentes prioritárias para cada Território de Saneamento.

“O Pesb-MG será importante norteador dos investimentos em saneamento no estado pelos próximos 20 anos. A participação da sociedade é fundamental nesse processo de priorização das ações em cada região de Minas”, observa a secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Marília Melo. A conferência estadual tem caráter informativo, participativo e deliberativo, com objetivo de consolidar o trabalho desenvolvido e subsidiar a elaboração da proposta preliminar do Pesb-MG.

A inscrição para participação deve ser feita neste link, também disponível no site da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad). O evento técnico será realizado em formato virtual e  transmitido por meio do canal do Pesb-MG no Youtube.

Também participam das discussões, com direito a voto, os delegados eleitos em cada um dos sete Territórios do Saneamento, representando o poder público, órgãos e agências reguladoras, prestadores de serviços, organizações e sociedade civil.

Clique aqui para conferir a programação da conferência.

Norteador

A conferência estadual “Unindo Minas pelo Saneamento” é realizada pela Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos (Cobrape), empresa que venceu o edital de licitação para elaborar o Pesb-MG, sob coordenação da Semad.

Integram o Grupo de Trabalho Intergovernamental (GTI-Pesb) o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), a Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), a Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG), a Fundação João Pinheiro (FJP), a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag-MG) e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa).

Para o subsecretário de Gestão Ambiental e Saneamento da Semad, Rodrigo Franco, o Pesb-MG “contribuirá para caminharmos rumo à universalização dos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgotos, coleta e destinação de resíduos sólidos urbanos e manejo de águas pluviais no estado, atendendo, assim, aos prazos previstos no novo marco legal do saneamento básico”.

Metodologia

No evento, a população será distribuída em grupos conforme o Território do Saneamento (TS) ao qual pertencem. Ao todo, serão sete grupos de trabalho nos quais serão discutidas e definidas as frentes de ações prioritárias de cada TS, subsidiando a decisão dos delegados que será formalizada por votação que ocorrerá ao final da conferência.

Mais informações com o assessor técnico de Meio Ambiente da AMM, Licínio Xavier, pelo telefone (31) 2125-2418.

Fonte: Agência Minas