Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Minas Gerais teve produção agrícola mais diversificada do Brasil em 2018

Minas Gerais teve produção agrícola mais diversificada do Brasil em 2018

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Minas Gerais passou a ser o Estado com maior diversificação da produção agrícola no país. Dos 63 produtos pesquisados pela Pesquisa Agrícola Municipal (PAM) 2018, Minas Gerais possui informação para 50 deles.

No valor total da produção apenas na agricultura (não inclui pecuária, silvicultura e extração vegetal), Minas Gerais fica em quinto lugar nacional, totalizando o valor de R$ 35,1 bilhões, atrás dos Estados de São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul, aproximando-se deste último (R$ 38,4 bilhões).

O aumento no valor da produção em relação ao ano anterior (12,5%) foi em virtude do acréscimo na produção de café, soja e cana-deaçúcar, os três principais produtos em termos de valor da produção no Estado, além da batata-inglesa.

Em 2018, a produção de apenas seis produtos do Estado já corresponde a mais de 87% do valor total da produção agrícola de Minas Gerais avaliada pela PAM.

Em termos municipais, entre os dez maiores produtores de café do Brasil, seis estão em Minas Gerais, sendo Patrocínio o primeiro colocado. Se considerarmos apenas o café arábica (principal espécie cultivada), entre os dez maiores, oito estão no nosso Estado.

Entre os dez maiores produtores nacionais de cana-de-açúcar, destaque para Uberaba (terceiro) e Frutal (nono), enquanto, no que se refere à produção de feijão, Unaí é o principal produtor nacional e Paracatu, o terceiro. Já Perdizes é o maior produtor de batatainglesa do Brasil, Santa Juliana o sexto e Sacramento, o décimo.

Além desses produtos, a fruticultura também possui papel destacado no Estado, gerando um valor bruto da produção próximo de R$ 2,1 bilhões, com destaque para a produção de banana. Minas Gerais é o quarto Estado com maior valor bruto da produção da fruticultura no país, atrás de São Paulo (destaque para a laranja), Pará (destaque para o açaí) e Rio Grande do Sul (destaque para uva e maçã).

Na fruticultura, merecem destaques os seguintes municípios, que estão entre os dez maiores produtores do Brasil:

  • Banana – Jaíba (1º)
  • Abacaxi – Frutal (4º) e Monte Alegre de Minas (9º)
  • Tangerina – Campanha (3º), Belo Vale (4º) e Brumadinho (8º)
  • Manga – João Pinheiro (9º) Abacate – Sacramento (10º)
  • Caqui – Turvolândia (5º) Figo – São Sebastião do Paraíso (5º) e Virgínia (6º)

Deve-se destacar ainda que o Estado foi o maior produtor de alho, estando Rio Paranaíba (segundo), Campos Altos (terceiro) e São Gotardo (quarto colocado) entre os dez maiores municípios produtores. Minas Gerais também foi o terceiro maior produtor de tomate, sendo Araguari o oitavo maior produtor nacional, além de ser o segundo maior produtor de sorgo, estando Uberaba (quarto), Patrocínio (quinto), Capinópolis (oitavo) e Nova Ponte (nono lugar) entre os dez maiores produtores.

Fonte:IBGE