Home > Comunicação > Notícias > Minas Gerais: território mineiro atrai grande fluxo de pessoas motivadas pelo desenvolvimento espiritual

Minas Gerais: território mineiro atrai grande fluxo de pessoas motivadas pelo desenvolvimento espiritual

21 de janeiro é Dia Mundial da Religião, uma data simbólica para Minas Gerais. O estado, reconhecido por seu rico patrimônio cultural e histórico, é frequentemente lembrado pelas centenas de igrejas católicas dos mais variados estilos arquitetônicos. No entanto, Minas tem uma grande oferta que vai muito além: há um universo de atrativos para quem está em busca de autoconhecimento e conexão com crenças , relacionas ou não a vivências religiosas.

 Para os católicos, além das igrejas de cidades históricas, as opções de visita são os santuários: Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas, região Central de Minas Gerais; Santuário do Caraça, em Santa Bárbara, também na região Central; Santuário Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, na região metropolitana de Belo Horizonte; Santuário de Nhá Chica, em Baependi, Sul do Estado, e Santuário de Campos Altos, em Campos Altos, no Alto Paranaíba.

Já para os praticantes da doutrina espírita, os municípios de Uberaba, no Triângulo Mineiro, e Pedro Leopoldo, na região metropolitana, oferecem roteiros que contam a história e trajetória de Francisco Cândido Xavier, mais conhecido como Chico Xavier, médium e um dos mais importantes exponenciais do Espiritismo no Brasil.

Turismo religioso em Belo Horizonte

Os evangélicos dispostos a praticar o turismo religioso têm Belo Horizonte e região metropolitana como rota: na Grande BH encontram-se os maiores templos da religião, com a realização de grandes festivais gospel durante todo o ano.

A capital mineira também pode ser destino para quem quiser conhecer um pouco mais sobre as religiões afro-brasileiras: são mais de 350 terreiros de candomblé e Umbanda em Belo Horizonte.

Os judeus e judias também encontram, em Belo Hortizonte, cerca de 10 instituições relacionadas à comunidade judaica.

Retiros  e misticismo no Sul de Minas

Famosa por suas águas terapêuticas, São Lourenço também pode ser o destino de quem procura se aprofundar em Eubiose, sociedade de estudos ocultistas fundada no município. Já São Tomé das Letras é uma cidade muito procurada para uma maior conexão com a natureza e com a espiritualidade por ser considerada um dos sete pontos energéticos do Planeta Terra.

Airuroca, município também na região Sul de Minas Gerais, é destino frequente de quem decide fazer retiros espirituais e terapias holísticas, por também oferecer múltiplas possibilidades de conexão com a natureza.

Acesse www.minasgerais.com.br e descubra outras alternativas para o turismo religioso e outros tipos de passeios por Minas Gerais.

Foto: Ouro Preto – Alexandre Siqueira (Embratur)