Home > Comunicação > Notícias > Minas Gerais recebe 624.500 doses da vacina AstraZeneca

Minas Gerais recebe 624.500 doses da vacina AstraZeneca

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, informa o recebimento de 624.500 doses da vacina AstraZeneca, nesta quarta-feira (30/6). O 28º lote de vacinas contra a covid-19 chegou à Rede de Frio do Estado, para dar continuidade à imunização dos mineiros.

Recorde

As 624.500 doses da AstraZeneca, somadas às remessas do mês junho, registram o maior recebimento de vacinas contra a covid-19 pelo Estado.

No total, foram 4.023.760 doses, sendo da AstraZeneca 2.437.750 doses, 149.550 da Janssen, 619.800 doses da CoronaVac e 816.660 doses da Pfizer.

O valor total recebido corresponde à cobertura de 28,7% da população mineira apta para imunização que é de cerca de 14 milhões de pessoas.

Novas remessas

Minas Gerais espera receber, ainda esta semana, o restante da remessa do 28º lote, com as vacinas da Pfizer e da Janssen. A logística de distribuição e o público-alvo serão divulgados em breve.

Apoio

A maior operação de vacinação da história de Minas Gerais conta com apoio das Forças de Segurança e Salvamento, do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, da Polícia Militar de Minas Gerais, além do efetivo da Polícia Civil de Minas Gerais.

Distribuição

A logística de distribuição do 28º lote será divulgada em breve. Acompanhe o quantitativo de cada remessa:

  • 1ª remessa: 577.480 doses da CoronaVac em 18/1/2021
  • 2ª remessa: 190.500 doses de AstraZeneca em 24/1/2021
  • 3ª remessa: 87.600 doses da CoronaVac em 25/1/2021
  • 4ª remessa: 315.600 doses da CoronaVac em 7/2/2021
  • 5ª remessa: 220.000 doses da AstraZeneca e 137.400 doses da CoronaVac em 23/2/2021
  • 6ª remessa: 285.200 doses da CoronaVac em 3/3/2021
  • 7ª remessa: 303.600 doses da CoronaVac em 9/3/2021
  • 8ª remessa: 509.800 doses de CoronaVac em 17/3/2021
  • 9ª remessa: 86.750 doses da AstraZeneca e 455.800 doses da CoronaVac em 20/3/2021
  • 10ª remessa: 116.600 doses de AstraZeneca e 359.000 doses de CoronaVac em 26/3/2021
  • 11ª remessa: 73.250 doses de AstraZeneca e 943.400 doses de CoronaVac em 1/4/2021
  • 12ª remessa: 257.750 da AstraZeneca e 220.400 da CoronaVac, em 8/4/2021
  • 13ª remessa: 426.000 da AstraZeneca e 275.200 da CoronaVac, em 16/4/2021
  • 14ª remessa: 316.750 doses da AstraZeneca e 73.800 da CoronaVac, em 23/4/2021
  • 15ª remessa: 578.000 doses da AstraZeneca e 11.800 doses da CoronaVac, em 29/4/2021
  • 16ª remessa: 30.400 doses da CoronaVac, em 1/5/2021 e 676.250 doses da AstraZeneca, em 3/5/2021
  • 17ª remessa: 50.310 doses da Pfizer, em 3/5/2021
  • 18ª remessa: 396.500 doses da AstraZeneca, em 6/5/2021 e 100.200 doses da CoronaVac, em 08/5/2021 e 112.434 doses da Pfizer, em 10/5/2021
  • 19ª remessa: 422.750 doses da AstraZeneca, em 13/5/2021, e 207.800 doses de CoronaVac e 101.600 doses da CoronaVac, em 14/5/2021
  • 20ª remessa: 435.500 doses da AstraZeneca, 8.200 doses da CoronaVac e 64.350 doses da Pfizer, em 18/5/2021
  • 21ª remessa: 561.750 doses da AstraZeneca e 60.840 doses da Pfizer, em 26/5/2021
  • 22ª remessa: 588.500 doses da AstraZeneca, em 2/6/2021 e 62.010 doses da Pfizer, em 3/6/2021
  • 23ª remessa: 237.510 doses da Pfizer, em 8/6/2021
  • 24ª remessa: 362.750 doses da AstraZeneca, em 9/6/2021
  • 25ª remessa: 235.170 doses da Pfizer e 273.000 doses da CoronaVac, em 18/6/2021
  • 26ª remessa: 862.000 doses da AstraZeneca, em 21/6/2021
  • 27ª remessa: 346.800 doses da CoronaVac, 281.970 doses da Pfizer, 149.550 doses da Janssen, em 24/6/2021
  • 28ª remessa: 624.500 doses da vacina AstraZeneca.

Total: 13.439.824 doses

Fonte: Jornalismo SES/Foto: Fábio Marchetto/SES-MG

Saiba mais sobre as tecnologias utilizadas na produção das vacinas:

CoronaVac: É desenvolvida com vírus inativado, que são expostos a calor e produtos químicos para não se reproduzir. Dessa maneira, não deve deixar as pessoas doentes, mas sendo capazes de criar uma resposta imunológica contra o vírus.

Oxford/AstraZeneca: É desenvolvida com vetor viral não replicante, com adenovírus modificado geneticamente, que carrega instruções para a produção da proteína especula do novo coronavírus. Ao entrar na célula, faz com que o organismo produza resposta imunológica contra o vírus.

Pfizer/BioNtech: É desenvolvida com tecnologia de RNA mensageiro, que transporta informações genéticas ao organismo para que seja produzida uma proteína do vírus que ative o sistema imunológico para gerar resposta de anticorpos contra o coronavírus.

Janssen/Johnson & Johnson: Conhecido tecnicamente como Ad26.COV2.S, utiliza a tecnologia de vetor viral, um vírus enfraquecido que transporta os genes virais para dentro das células, estimulando a resposta imunológica. A mesma metodologia, considerada de 3ª geração, é utilizada nos imunizantes Oxford/AstraZeneca e Sputnik V.

Fonte: Uol e CNN.

Mais informações AQUI e com a assessora do departamento de Saúde da AMM, Juliana Marinho, pelo telefone (31) 2125-2433.