Home > Destaques > Liderança municipalista, Dr. Marcos Vinicius é agraciado com a Grande Medalha JK em Diamantina

Liderança municipalista, Dr. Marcos Vinicius é agraciado com a Grande Medalha JK em Diamantina

Ao lado de personalidades e entidades que prestaram serviços de extrema relevância à coletividade, o presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), e prefeito de Coronel Fabriciano, Dr. Marcos Vinicius, recebeu, nesta segunda (12/9), em Diamantina, a Medalha Juscelino Kubitschek, entregue pelo secretário de Estado de Cultura e Turismo no Governo de Minas Gerais, Leônidas Oliveira. O diretor regional da AMM na região Central, prefeito de Curvelo, Luiz Paulo Glória Guimarães, também foi um dos homenageados.

Esta é a segunda vez que o Dr. Marcos Vinicius é homenageado. Em 2018, ele recebeu a Medalha de Honra e, neste ano, foi agraciado com a Grande Medalha. Para o presidente da AMM, a medalha é um reconhecimento do trabalho que vem sendo feito com muito empenho, em prol dos municípios e dos cidadãos mineiros. “Sinto-me muito honrado e divido essa homenagem com todos os prefeitos e prefeitas de nossa Minas Gerais. Receber mais essa honraria é resultado de um trabalho árduo em Coronel Fabriciano e na AMM e significa que estamos no rumo certo, nos dando força para avançar muito mais”, destaca.

Novas conquistas

À frente da Associação desde junho deste ano, além do foco na qualificação e capacitação dos gestores e servidores municipais, a nova diretoria, sob o comando de Dr. Marcos Vinicius, já obteve importantes conquistas municipalistas, como o novo acordo de R$ 85,3 milhões para o pagamento da dívida da Assistência Social, a aprovação da PEC 122; que proíbe a criação ou aumento de despesa para os municípios sem determinar a fonte de custeio; o encerramento da Procuradoria de Justiça Especializada no Combate aos Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais e a mobilização para a compensação aos municípios pelo Governo de Minas de perdas de R$ 112 milhões de ICMS de combustíveis, gás natural, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo, mais R$ 26 milhões de perdas do imposto sobre o etanol.

Medalha JK, 120 anos

A Medalha JK foi criada pela Lei nº 11.902, de 1995, tendo sido entregue pela primeira vez em 1996. A cerimônia é realizada anualmente no dia do aniversário do ex-presidente Jucelino Kubicheck, nascido em 12 de setembro de 1902 (120 anos). A homenagem, concedida pelo Governo de Minas, premia o mérito cívico de pessoas que contribuem para o crescimento das instituições políticas e governamentais, assim como para o desenvolvimento do município, do Estado ou do País. Neste ano, a comemoração especial marca os 120 anos do aniversário de nascimento do ex-presidente da República.

Perfil
Marcos Vinicius da Silva Bizarro (PSDB), presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), é médico, com especialização em geriatria. Antes de se eleger prefeito, atuou durante oito anos no então Hospital Siderúrgica, atual Hospital Doutor José Maria Morais, do qual foi diretor clínico. E trabalhou também em algumas unidades de saúde nos bairros da cidade e no município de Timóteo.

Entrou para a política para defender uma causa: lutar pelo Hospital Siderúrgica que encerrou suas atividades por falta de apoio da gestão pública municipal. Em 2016, se candidatou ao cargo de prefeito de Coronel Fabriciano, com apenas 3% das intenções de voto e foi eleito com 47% dos votos válidos. Desde que assumiu o executivo fabrianense, se destacou por uma gestão moderna e corajosa.

Um dos desafios foi incentivar o empoderamento do cidadão, de maneira que consiga recuperar sua autoconfiança e que, dessa forma, a cidade passe a ser reconhecida no cenário estadual e nacional com o município em posição de destaque, pelos seus 110 mil habitantes e pelos projetos desenvolvidos e em ampliação. Em 2020, foi reeleito prefeito de Coronel Fabriciano com 83,75% dos votos válidos.

Dr. Marcos Vinicius foi vice-presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), de 2017 a 2022, quando participou ativamente do movimento municipalista, conquistando o respeito e admiração dos gestores municipais.

Hoje, ele é também presidente do Consórcio Intermunicipal da Rede de Saúde e Emergência do Leste de Minas (Consurge), vice-presidente de Tecnologias de Saúde da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e integra a Comissão de Saúde da Confederação Nacional de Municípios (CNM).