Home > ÁREAS TÉCNICAS > Cultura e Turismo > Lançado plano que propõe a implantação de políticas públicas e privadas voltadas à gastronomia mineira

Lançado plano que propõe a implantação de políticas públicas e privadas voltadas à gastronomia mineira

Com o objetivo de fomentar e promover um dos mais importantes atrativos turísticos do Estado como vetor de crescimento econômico e desenvolvimento social, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) lançou, na sexta-feira (19/2), em Belo Horizonte, o “Plano Estadual de Desenvolvimento da Cozinha Mineira”.

O lançamento contou com a presença do governador Romeu Zema, do secretário de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, da presidente do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG), Michele Arroyo, e da assessora do departamento de Cultura e Turismo da AMM, Brenda Grandioso, representando o presidente da entidade, Julvan Lacerda, entre outras autoridades.

O documento foi construído de forma colaborativa e, entre as ações previstas para valorizar e fomentar o setor, está a abertura do processo de reconhecimento da Cozinha de Minas como patrimônio cultural do Estado.

O “Plano Cozinha Mineira” integra o Programa Estadual de Desenvolvimento da Gastronomia Mineira (PEGM) e propõe a implantação de políticas públicas e privadas voltadas à gastronomia mineira. O plano estabelece 72 iniciativas, com o valor total estimado em R$ 163 milhões, para serem executadas de 2021 a 2024.

Entre as iniciativas está a criação de uma linha de financiamento via BDMG para micro e pequenas empresas com condições e recortes específicos para o setor de gastronomia, a criação de um Atlas da gastronomia e o reconhecimento de registro da Cozinha Mineira como Patrimônio Cultural de Minas via Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG), entre outras ações.

Confira o Plano Estadual de Desenvolvimento da Gastronomia Mineira na íntegra aqui.

Mais informações com a assessora do departamento de Cultura e Turismo da AMM, Brenda Grandioso, pelo telefone (31) 2125-2437.