Home > Comunicação > Notícias > Julvan Lacerda defende município forte na abertura do X Congresso Mineiro de Vereadores

Julvan Lacerda defende município forte na abertura do X Congresso Mineiro de Vereadores

Abertura do evento, que reuniu mais de 2.500 pessoas, contou com a presença do Governador Romeu Zema, do senador Rodrigo Pacheco e de autoridades dos três poderes

Durante seu discurso na abertura do X Congresso Mineiro de Vereadores, o presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Julvan Lacerda, destacou a importância de se manter relações estreitas entre os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, defendeu o aprimoramento do Pacto Federativo e homenageou as mulheres pelo Dia Internacional da Mulher. Além disso, Julvan, que também é vice-presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), salientou que a AMM seguirá trabalhando para atender e apoiar os prefeitos e vereadores, pois são eles que estão nos municípios e conhecem, de perto, a realidade e as demandas de cada cidadão.O evento foi promovido pela AMM, dentro das ações do projeto Desenvolve Minas Gerais, em parceria com o SEBRAE.

Para um auditório com aproximadamente 2.500 mil pessoas, entre vereadores, vereadoras, prefeitas, prefeitos, assessores, no Expominas, durante a manhã desta terça-feira (8/3), o presidente da AMM cobrou maior participação dos municípios alegando que eles são a melhor expressão da representatividade da democracia. “Aqui, temos vereadores e vereadoras de todos os rincões de Minas Gerais, de todas as profissões, de todas as classes sociais, dos distritos mais longínquos. E, graças a vocês, a AMM tem essa representatividade toda”, destacou Julvan, que fez questão de agradecer a participação dos legisladores e legisladoras municipais no congresso.

Ao cumprimentar todos da mesa de autoridades, o presidente da AMM destacou a importância de estreitar os laços das boas relações com todas as instituições ali representadas. Outro ponto defendido em seu discurso foi a conquista, com muito trabalho e determinação, da autonomia política e da independência financeira da AMM. “Com isso, hoje em dia, nós colocamos em pauta o que consideramos importante colocar, sem depender de nenhuma outra instituição”, explicou.

O pacto federativo foi um dos temas principais do discurso de abertura do presidente Julvan, que relembrou toda a sua trajetória de vida, quando ainda jovem, bem antes de entrar para a política, quando ele já percebia como os recursos que chegavam para a sua cidade não eram suficientes. “Eu via que o desenho do pacto federativo não era justo desde jovem, quando ainda nem estava na política. E, desde então, o pacto federativo se tornou uma bandeira de vida para mim. Vou lutar por isso sempre. Acredito que é lutando pela correção das injustiças do pacto federativo que vamos resolver as principais questões que afligem os cidadãos”, afirmou.

O presidente agradeceu a parceria de primeira hora do Sebrae, que tem trabalhado de forma alinhada com os princípios norteadores da AMM, de formação e de apoio aos gestores e legisladores municipais. Julvan agradeceu ainda a parceria com o Governo de Minas, na pessoa do governador Romeu Zema, que firmou dois importantes acordos com a AMM beneficiando os municípios mineiros com recursos que foram indevidamente confiscados na gestão passada.

“Precisamos estreitar, ainda mais, o nosso relacionamento com a Assembleia Legislativa, a Câmara dos Deputados e o Senado porque sabemos da importância do legislativo no momento de batalharmos pela partilha justa dos recursos que são dos municípios e o aprimoramento do pacto federativo”, assinalou o presidente da AMM.

Julvan Lacerda, na pessoa da presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte, Nely Aquino, cumprimentou todas as vereadoras e vereadores e homenageou as mulheres pelo seu dia. “São elas que cumprem triplas jornadas para dar conta de todas as responsabilidades, inclusive a de servir na vida pública. E a vereadora Nely é um exemplo para nós, pois preside da Câmara da maior cidade de Minas”, destacou.

Após a apresentação de um vídeo institucional da AMM em homenagem às mulheres pelo seu dia, a presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte, Nely Aquino, defendeu que as mulheres devem ocupar todos os espaços e precisam ser respeitadas todos os dias. “Não temos tanto o que comemorar, uma vez que temos que reivindicar o direito à vida diariamente”, assinalou a vereadora.

Em seguida, o presidente da AMM, em um gesto simbólico, entregou flores para a vereadora Nely Aquino, para a presidente da Câmara Municipal de Senador José Bento, Luana Maria Peixoto Alves, e para a deputada estadual Rosângela Reis.

O deputado estadual Antônio Carlos Arantes, 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), destacou a força da AMM. E lembrou que o melhor prefeito é aquele que ouve mais e, por fim, acerta mais. O deputado disse que “os políticos hoje em dia usam muito as redes sociais, mas a melhor rede social é ir de casa em casa e conversar com as pessoas e saber das necessidades delas, conhecer as demandas do povo do seu município. Isso facilita o seu trabalho e o povo está realmente muito bem representado”.

O governador Romeu Zema também homenageou as mulheres e fez questão de citar que, das 12 secretarias, seis são ocupadas por mulheres, inclusive aquelas que nunca foram ocupadas por secretárias como a de Agricultura e Meio Ambiente. Segundo o governador, “dos 58 mil detentos no sistema prisional de Minas, somente duas mil são mulheres, o que demonstra claramente que elas são mais honestas e estão menos sujeitas a cometer delitos e atos de agressão. Por isso, precisamos de mais mulheres na política”.

Em seguida, Zema destacou a grande parceria com a AMM e lembrou que foram dois grandes acordos. “O primeiro, que já tem três anos, de R$ 7 bilhões, por meio do qual o Estado já quitou mais de R$ 6 milhões e em poucos meses quita o restante, devolvendo aos municípios o que foi indevidamente tirado deles em gestão passada. E tem o acordo da saúde de R$ 6,7 bilhões que está sendo pago em três parcelas. Já pagamos uma de R$ 400 milhões, a segunda será paga agora neste ano ainda e a terceira nos próximos anos”, explicou o governador.

Participaram da mesa de abertura do evento o presidente da Associação Mineira de Municípios, Julvan Lacerda; o presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco; o governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema; o 2º vice-presidente da Casa Presidente da Assembleia Legislativa de MG, deputado estadual Antônio Carlos Arantes; a Presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte, Nely Aquino; o secretário de Estado de Governo de Minas Gerais, Igor Eto; o juiz da corte eleitoral, Marcelo Vaz Bueno, representando o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Minas Gerais, desembargador Marcos Lincoln dos Santos; o chefe de gabinete da Procuradoria-geral de Justiça, Paulo de Tarso Morais Filho, representando o procurador-geral, Jarbas Soares; o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, Mauri Torres; o defensor público-geral do Estado de Minas Gerais, Gério Patrocínio; o bispo diocesano de Belo Horizonte, Dom Ivan Dutra de Moraes; o diretor técnico do Sebrae Minas, João Cruz Reis Filho; a deputada estadual Rosângela Reis; o deputado federal Reginaldo Lopes; o deputado federal Marcelo Aro; o deputado federal Bilac Pinto; o deputado federal Newton Cardoso Júnior.

Palestra Magna 

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, fez a palestra magna com o tema “O Poder Legislativo mais perto do cidadão” e iniciou sua fala destacando a importância da AMM não só para Minas Gerais como para o Brasil e, em função do trabalho de pessoas que abraçam a causa municipalista, como o presidente Julvan Lacerda, as questões que tocam os municípios ganharam muito mais espaço de discussão. “Isso fica claro quando vemos que de cinco anos para cá diversos projetos de interesse direto dos municípios estão na pauta e, agora, ainda temos um mineiro na vice-presidência da Confederação Nacional dos Municípios”, frisou Pacheco.

O presidente do Congresso também destacou o trabalho da AMM com o Legislativo e o Governo de Minas firmando acordos e trabalhando para ver todos eles sendo cumpridos, sempre atuando em defesa dos municípios.

Feira legislativa 

O X Congresso Mineiro de Vereadores também contou com um espaço para 30 estantes, onde se reuniram instituições, empresas e prestadores de serviços. Uma oportunidade para os participantes trocarem experiências sobre a administração pública, além de conhecerem potenciais fornecedores.

O evento foi organizado dentro das normas dos protocolos atualizados pela prefeitura de Belo Horizonte para prevenção e combate à Covid-19.