Home > Comunicação > Notícias > Julvan Lacerda cumpre agenda na Cemig e Santa Casa; projetos do governo de Minas favorecem todas as regiões do estado

Julvan Lacerda cumpre agenda na Cemig e Santa Casa; projetos do governo de Minas favorecem todas as regiões do estado

O presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM) e vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Julvan Lacerda, esteve nesta sexta (16), em Belo Horizonte, participando de dois importantes anúncios para os mineiros: o programa Minas LED, anunciado pela Cemig, e o anúncio do governo estadual, na Santa Casa de Misericórdia, de um grande investimento para a realização de cirurgias eletivas.

A primeira agenda foi o lançamento do programa Minas LED, em que a Cemig irá substituir luminárias de iluminação pública de maior potência por luminárias LED em municípios localizados em sua área de concessão. O segundo anúncio com a participação do presidente da AMM e do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, foi o repasse de R$ 206,4 milhões para a realização de cirurgias eletivas em hospitais da rede pública do Estado. O objetivo é reduzir a fila de espera, que soma aproximadamente 370 mil procedimentos.

Julvan assinou, em nome da AMM, o primeiro convênio do projeto com o município de Delta, representando os municípios mineiros. Trata-se de um investimento de mais de R$112 milhões, em uma iniciativa do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Cemig, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A meta é substituir mais de 100 mil pontos de iluminação, beneficiando mais de 600 cidades do estado e promovendo a eficiência energética e a redução inteligente do consumo de energia e da demanda no horário de ponta do sistema elétrico.

Prazos e critérios para participação no Minas LED

A cada prefeitura será proposto um cronograma e um plano de trabalho. O projeto será realizado de forma não simultânea em todos os municípios, mas todos deverão ser atendidos em 2022.

Podem participar do projeto todos os municípios que estejam adimplentes com a Cemig, que aidna possuam luminárias com potência superior a 250W instaladas em seu parque de iluminação pública e que não tenham firmado parceria público/privada (PPP) para troca e manutenção dessa iluminação. Também é preciso que o município assine com a Cemig o acordo de Cooperação Técnica, aceitando todas as premissas e condições do projeto.

Cirurgias eletivas

O governo de Minas oficializou, nesta sexta-feira (17), durante solenidade realizada no Hospital Santa Casa de Belo Horizonte, um dos beneficiados pelo programa “Opera Mais, Minas Gerais”, o repasse de R$ 206,4 milhões para a realização de cirurgias eletivas em hospitais da rede pública do Estado. O objetivo é reduzir a fila de espera, que soma aproximadamente 370 mil procedimentos.

“O governador anunciou um programa de cirurgias eletivas que vai atender milhares de mineiros que hoje sofrem esperando esses procedimentos. O governo pegou o estado em uma situação precária e hoje vem, dia-a-dia, solucionando os problemas. E esse da saúde é muito importante, porque é um alivio para o sofrimento de milhares de mineiros. E concomitante a isso, o governo vem agindo em todas as áreas. Esta semana, 750 municipios que já aderiram ao acordo da saúde já receberam a primeira parcela. Nosso agradecimento e reconhecimento.

Na ocasião, o governador Romeu Zema, elogiou a atuação do presidente da AMM e da entidade. “O Julvan e a AMM têm sido grandes parceiros para solucionarmos as pendências da saúde no Estado. Estamos fazendo o que está ao nosso alcance e a nossa meta agora é que Minas Gerais seja o estado brasileiro com a menor fila de espera para cirurgia. Estamos avançando nessa solução. Conte conosco”, disse.