Home > Comunicação > Notícias > Governo de Minas lança campanha sobre importância de manter as medidas de prevenção à covid-19

Governo de Minas lança campanha sobre importância de manter as medidas de prevenção à covid-19

Lançada pelo Governo de Minas nesta segunda-feira (14/12), a campanha “Minas é do Tamanho dos Mineiros” vem reforçar a grandeza dos cidadãos mineiros e, o sentimento de que, unidos, podemos vencer esta guerra contra a covid-19. Além disso, traz ações realizadas até o momento no enfrentamento à doença e reforça a importância da participação da população na prevenção.

“O primeiro caso da covid no estado foi confirmado em 8 de março. Mas, desde janeiro, quando ocorreram as primeiras notificações em Wuhan, na China, o Governo de Minas vem atuando preventivamente no enfrentamento à pandemia”, destaca o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral.

A campanha contempla TV, rádio, jornal e internet em todo estado. Na capital mineira, contará com ação especial em abrigos de ônibus com fornecimento gratuito de máscaras, álcool gel e medição de temperatura. A campanha terá a duração de uma semana e fecha o ciclo da proposta que teve quatro ondas: infraestrutura, desenvolvimento social, educação e, agora, saúde.

SES-MG

Segundo o secretário, em janeiro foi criado o Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes-Minas), fundamental para o monitoramento dos casos e para atuação na tomada de decisões. Já no mês seguinte, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), apresentou o Plano de Contingência para Emergência em Saúde Pública COVID-19, que tornou mais efetiva as capacidades de antecipação e planejamento por parte do Estado.

Carlos Eduardo Amaral explica que em abril, com o objetivo de garantir Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para profissionais de saúde que trabalham na linha de frente contra a covid-19 no estado, foi lançado o programa Protege Minas. “Ainda nesse mesmo mês, também teve início o plano Minas Consciente, para orientar os prefeitos na retomada segura das atividades econômicas, a partir de critérios técnicos e epidemiológicos”, pontua.

Com relação à qualificação da rede de saúde pública do estado, ao longo desse período, o Governo de Minas aumentou o número de leitos de UTI, chegando a 3.995. “Essa ampliação no quantitativo de leitos foi decisiva para evitar que mais óbitos pela covid-19 ocorressem no estado”, afirma o secretário de Estado de Saúde. Além disso, foram adquiridos 1.047 respiradores para auxiliar os municípios no enfrentamento à pandemia.

Outra estratégia fundamental neste cenário foi a criação da Sala de Situação: composta por uma equipe multidisciplinar – que reúne médicos, enfermeiros, estatísticos, entre outros profissionais – o espaço realiza monitoramento permanente do cenário epidemiológicos e dos casos de covid-19 no estado.

De acordo com Carlos Eduardo Amaral, a partir do Plano de Contingenciamento desenvolvido pela SES-MG, todas as 28 Regionais de Saúde de Minas passaram a contar com uma Sala de Situação, onde são compilados os dados e realizadas as análises da região.

Vacinação

Já no que se refere à imunização contra a covid-19, o Governo de Minas, por meio da SES-MG, colocou em prática, no mês de setembro, seu Plano de Contingência para Vacinação Contra a Covid-19

Para que não faltem insumos para imunizar a população, foram adquiridas 50 milhões de seringas agulhadas. E também mais de 700 câmaras refrigeradas para serem distribuídas aos municípios para que possam se estruturar para armazenar os imunizantes de modo ideal.

Entretanto, Carlos Eduardo Amaral destaca que a participação e engajamento de toda a sociedade é indispensável no enfrentamento eficaz à covid-19. “Além de todo o planejamento e ações realizadas pelo estado, é preciso que a população esteja consciente de que a pandemia não acabou. Por isso, neste momento, o objetivo deve ser aumentar, não só as medidas de distanciamento social, mas também a efetividade desse distanciamento. Esperamos seguir aliando as ações do poder público e as ações individuais da população para superarmos da melhor maneira possível a epidemia da covid-19 em Minas Gerais”, afirma o secretário de Estado de Saúde.