Home > Comunicação > Notícias > Gestores devem informar equipamentos nos serviços de saúde até 30 de março

Gestores devem informar equipamentos nos serviços de saúde até 30 de março

O Ministério da Saúde lançou um cadastro para mapear necessidade de equipamentos nos serviços de saúde que estão faltando para ampliar o atendimento e a assistência aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). A medida servirá para a criação de um mapa das necessidades dos estados, reforçando o atendimento a milhares de pessoas que dependem do SUS. Os gestores têm até o dia de 30 de março para informar a pasta os tipos de equipamentos e materiais permanentes.

O objetivo do mapeamento é levantar a necessidade de aquisição e distribuição desses produtos para regiões com maiores vazios assistenciais. Os dados permitirão estudo de ações regionalizadas e integradas do Governo Federal e das áreas das unidades de saúde que mais precisam de equipamentos de diagnóstico, como ressonância magnética, mamógrafos, tomógrafos e raio-x e/ou de terapia, como desfibrilador, bisturi elétrico e laser oftalmológico.

Todas as instituições que prestam serviço assistencial em saúde podem preencher o formulário e participar da seleção, que terá critérios específicos para cada tipo de equipamento e os devidos parâmetros para implantação, infraestrutura e especialidades da unidade, recursos humanos disponíveis, além da capacidade de funcionamento e financiamento dos serviços.

Após o preenchimento do formulário e análise das áreas técnicas do Ministério da Saúde, serão selecionadas as instituições que receberão os equipamentos, de acordo com o quantitativo e, principalmente, com as áreas de maiores vazios assistenciais. O cadastro das unidades deve ser feito até 30 de março, por meio de um formulário, disponível neste link e no site www.saude.gov.br.

Foto: Pixabay. Com informações da Agência Saúde.

Publicado em 2 de março de 2017.