Home > Comunicação > Notícias > Gestores devem ficar atentos em caso de recebimento de ligações supostamente do Cadin

Gestores devem ficar atentos em caso de recebimento de ligações supostamente do Cadin

Atenção, municipalistas! Os gestores municipais devem ficar atentos quando receberem ligações de pessoas se identificando como funcionários do Banco Central do Brasil que operam o Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin). O município de Alto Feliz, no Rio Grande do Sul, entrou em contato com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) para denunciar uma suposta tentativa de golpe. 

O secretário de Fazenda do Município, Fernando Quirino, disse que recebeu a ligação de uma pessoa que se identificou como advogada e trabalhava com o Cadin. Segundo o Secretário, ela informou o número do registro de OAB e comunicou que o Município de Alto Feliz estava inscrito no Cadin por possuir pendências com uma empresa de telefonia. O Secretário desconfiou e pesquisou o número do registro da OAB fornecido na ligação. 

Ele conseguiu o contato com a advogada detentora do registro, mas foi informado por ela que pessoas não autorizadas estariam usando a numeração desse registro. O secretário também ligou para a empresa de telefonia que garantiu não existir nenhuma pendência do município. Depois dessas informações, o secretário registrou ocorrência.  

O Cadin é um banco de dados que contém os nomes das pessoas físicas e jurídicas responsáveis por dívidas vencidas e não pagas a órgãos e entidades da Administração Pública Federal, direta e indireta. Nesse entendimento, a CNM ressalta que nenhum funcionário do Banco Central responsável pelo Cadin entra em contato telefônico com os municípios.  

Dúvidas sobre a consulta ao Cadin podem ser esclarecidas aqui. Mais informações com o assessor do departamento de Convênios da AMM, Rubens Costa, pelo telefone (31) 3916-9193.  

Fonte: Agência CNM de Notícias.