Home > Coronavírus > FPM: segundo decêndio de julho cai nas contas das prefeituras dia 20 com queda de 28,52%

FPM: segundo decêndio de julho cai nas contas das prefeituras dia 20 com queda de 28,52%

Depois de um primeiro decêndio positivo, com crescimento de 21,55%, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) sofreu queda brusca, confirmando previsão das entidades municipalistas. O segundo decêndio de julho cairá nas contas das prefeituras na próxima segunda-feira, 20, com queda de 28,52%, comparado ao mesmo período do ano passado, sem considerar os efeitos da inflação.

Em Minas Gerais, serão R$ 74,7 milhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, o montante chega a R$ 93,4 milhões. Vale lembrar que o valor tem como base de cálculo o período do 1º ao 10° dia do mês corrente. Esse segundo decêndio geralmente é o menor e representa, em média, 20% do valor esperado para o mês inteiro.

Em razão da alta do primeiro repasse, que caiu no dia 10, o acumulado do mês teve crescimento de 8,29%, em termos nominais, em comparação aos dois primeiros decêndios de julho de 2019. Considerando a inflação, o aumento é de 6,51%.

Mais informações no Portal das Transferências da AMM (portaltransferencias.amm-mg.org.br), no levantamento do 2º decêndio do FPM de julho da CNM (aqui), e com a assessora do departamento de Economia da AMM, Angélica Ferreti, pelo telefone (31) 2125-2430.

Com informações da Agência CNM de Notícias.