Home > Comunicação > Notícias > Formação de pregoeiros atrai servidores para curso do CQGP

Formação de pregoeiros atrai servidores para curso do CQGP

Nos dias 16 e 17 de fevereiro, o Centro de Qualificação para a Gestão Pública (CQGP) promoveu mais um curso campeão de audiência, público e crítica: Pregão – Formação de Pregoeiros, no Espaço AMM, com o professor e instrutor Felipe Ansaloni. O objetivo, usando conceitos teóricos e exemplos práticos, foi o de desenvolver competências e até mesmo iniciar os mais de 60 participantes, de diferentes municípios mineiros, na ideal função de pregoeiro. Na pauta, acesso a conhecimentos técnicos para a prática de todas as etapas de um pregão.

Bruna Kessiane, Procuradora da Câmara de São Roque, achou o curso ótimo. “Trouxe questões práticas nesta área, onde eu só tinha a teoria.” Bruna também gostou da didática do professor Ansaloni, “muito bem transmitida” e da troca de experiências entre os participantes.

Maria Aparecida de Araújo Aquino, advogada, com 12 anos no serviço público, acaba de ser convidada para o setor de Compras e Licitações da prefeitura de Vespasiano. Como advogada, tinha noção da legislação, mas muito pouco sabia sobre a prática de um pregão. Daí a importância do curso. “É uma oportunidade para agregar valores com a experiência de outros pregoeiros e também de iniciantes, como eu. Está sendo bom aprender a realidade de cada município e a forma como cada um lida com os pregoeiros e suas equipes. E claro, como funciona o processo de compras, obedecendo à legislação.”

Para fechar o registro de mais um curso de Formação de Pregoeiros, nada melhor que um pregoeiro! Bráulio Pinto Silva, de Rio do Prado. “Eu tenho o curso em Contabilidade, mas não tinha o certificado de Pregoeiro. O curso para mim, não tinha grandes novidades porque já trabalho na área, mas de qualquer forma, um curso, sempre amplia nossos conhecimentos. Sempre existe uma dúvida, mesmo porque as leis mudam. Foi bom para me atualizar. Aprender nunca é demais”,conclui.

Publicado em 20 de fevereiro de 2017.