Home > Comunicação > Notícias > Encontro de prefeitos busca soluções para problemas enfrentados pelos municípios mineiros

Encontro de prefeitos busca soluções para problemas enfrentados pelos municípios mineiros

Um dia de debates sobre a crítica situação financeira dos municípios mineiros e de tentativa de solução quanto à quitação da dívida do Governo do Estado com as administrações municipais de Minas Gerais. Esse é o objetivo do “Encontro dos Prefeitos Mineiros”, promovido pela Associação Mineira de Municípios, no dia 2 de fevereiro de 2018, das 9h às 15h, no Auditório JK, na Cidade Administrativa.

Conforme amplamente divulgado nos canais de comunicação da AMM e na imprensa mineira, os municípios mineiros começaram a sentir os efeitos da crise financeira, reflexo da conjuntura econômica do País, em meados de 2016. A situação se agravou com os atrasos nos repasses do Governo do Estado a partir do início de 2017.

“Nos últimos oito meses, a gestão da AMM está trabalhando arduamente para conseguir a quitação da dívida do Estado com os municípios – com transporte escolar, IPVA, ICMS e na área da Saúde –, que soma aproximadamente R$ 3 bilhões.

“Já tentamos todas as tentativas: reuniões com secretários e o Governador, mobilizações com os prefeitos, encontros com os deputados da bancada mineira, envios de ofícios ao Governo e até agora não tivemos resposta definitiva do Estado quanto à quitação da dívida conosco e a regularização desses repasses. Este evento será um apelo para o Governador enxergar, definitivamente, que estamos pedindo os nossos direitos constitucionais, os repasses que pertencem aos municípios mineiros. É uma ação sem qualquer conotação partidária, mas sim de defesa dos nossos interesses”, enfatiza o presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda.

A expectativa da AMM é que 500 prefeitos de todas as regiões de Minas Gerais estejam presentes no encontro. “Vamos fazer uma intensa mobilização por todo Estado. Contamos com o apoio dos presidentes das microrregionais e todos os 43 prefeitos diretores da AMM no sentido de reforçarem essa mobilização em suas regiões”, finalizou o presidente Julvan.

Publicado em 22 de janeiro de 2018.