Home > ÁREAS TÉCNICAS > Cultura e Turismo > Em Diamantina, presidente da AMM defende fortalecimento do turismo cultural para o desenvolvimento econômico dos municípios

Em Diamantina, presidente da AMM defende fortalecimento do turismo cultural para o desenvolvimento econômico dos municípios

O presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM) e prefeito de Coronel Fabriciano, Dr. Marcos Vinicius, participou, nesta quinta, 11 de agosto, da abertura do 9º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial, que acontece em Diamantina, até o dia 13 de agosto. Prefeitos e pessoas ligadas ao setor vieram de diversos lugares do Brasil para participar do evento, que tem como objetivo fortalecer o turismo com a promoção de ações sustentáveis nas Cidades Históricas, Turísticas e Sítios do Patrimônio Mundial, Natural e Cultural no Brasil, além de valorizar ainda mais o município e o cidadão. Na solenidade de abertura, Dr. Marcos também representou o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski.

O evento é promovido pela Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Cultural (OCBPM), com apoio da AMM, CNM e da prefeitura de Diamantina.

Ao receber o público, o prefeito de Diamantina, Juscelino Brasiliano Roque, anfitrião do evento, enfatizou que a Cultura e o Turismo compõem um tripé para promover o bem-estar da população e o desenvolvimento da própria gestão local. “Cultura, Turismo e a música são grandes ferramentas civilizadoras, dão lucro e ainda são terapias. Aqui a gente investe forte nisso e tem dado muito certo”, enfatizou ao dar boas-vindas aos participantes. Juscelino destacou o apoio total da AMM. “Deixo como registro o agradecimento pela equipe, profissionalismo e o amor que a AMM está tendo nos seus projetos, e pela sua vocação de atender Minas Gerais, e toda a nação brasileira com imparcialidade e muita competência”.

O presidente da AMM destacou que não haveria melhor no Brasil para sediar o evento, tendo em vista que cultura, turismo e a história do Brasil, passam por Diamantina. “Fico muito feliz com o engajamento do prefeito Juscelino em estar sempre a frente, mostrando para o país e para o mundo a importância que Diamantina tem hoje, não só no cenário nacional, mas no cenário mundial, em termos de patrimônio histórico.

Dr. Marcos também lembrou as dificuldades vivenciadas pelos gestores na pandemia e foi mais um a defender o Turismo e a Cultura como alternativas para minimizar as adversidades. “O Turismo e a Cultura são carros-chefe na questão do desenvolvimento econômico, principalmente depois da experiência que vivemos nos últimos dois anos. Precisamos trabalhar a importância deles nos Municípios”, disse.

Para o presidente da OCBPM, Mário Nascimento, a realização do encontro em Diamantina é oportunidade de buscar conhecimento e ações correlacionadas ao aprimoramento da gestão local. “Temos um grande evento, que vai repercutir em todo o Brasil, orientando os gestores municipais, integrando os parceiros públicos e privados, para transformar o turismo brasileiro em um dos principais destinos do turismo mundial”. Segundo ele, “o nosso objetivo é qualificar a gestão. É fazer com que cada um possa aproveitar cada vez mais as oportunidades que se abrem para a Cultura, para o Patrimônio e para o Turismo no nosso país. A gente deve buscar também a integração do Meio Ambiente com a sustentabilidade, a gestão e a governança”, pontuou.

O presidente da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais e prefeito de Itapecerica, Wirley Reis, que também é 1º secretário da AMM,  destacou que é preciso inovar, e construir as pontes pela cultura e turismo no Brasil nas três esferas de governo. “Todos imbuídos num pensamento de fazer o bem para transformar as nossas cidades, através da cultura, do turismo e da valorização do patrimônio e o resguardo da nossa memória e da nossa história”.

O secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas Oliveira, disse que o tema é rico em Minas Gerais, já que o estado possui 62% do patrimônio histórico tombado do país. “Temos no estado, 44 superintendências da secretaria de estado, que dividem o estado em circuitos turísticos, que são instâncias de governança e fazem a capilaridade do turismo, com o maior número de municípios turísticos no Brasil”.

Presenças

Junto com o presidente da AMM, participaram da cerimônia de abertura: o prefeito de Diamantina, Juscelino Brasiliano Roque; o presidente da Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM) e consultor da CNM, Mário Nascimento; a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Larissa Peixoto; o secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas Oliveira; o secretário Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura da Secretaria Especial de Cultura, Lucas Jordão Cunha; o Comandante-Geral da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), Coronel PM Rodrigo Sousa Rodrigues; a gerente do Sebrae Diamantina, Luciana Teixeira; a coordenadora de Cultura da UNESCO no Brasil, Isabel de Paula; o presidente da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais (ACHMG), e prefeito de Itapecerica, Wirley Reis; o presidente da Federação dos Circuitos Turísticos de Minas Gerais (FECITUR), Marcus Vinicius Januário; o presidente da Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais (AMIG) e prefeito de Conceição do Mato Dentro, José Fernando Aparecido Oliveira.

Programação

Estão previstas palestras com especialistas e autoridades que irão abordar temas como os Centros de Interpretação do Património Cultural, o papel do Estado na construção das Políticas Públicas para o Turismo cultura e Patrimônio e o programa de preservação de cidades históricas e Financiamento e Captação de Investimentos as Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Natural e Cultural. Além disso, os participantes terão a oportunidade de acompanhar apresentações culturais.

Mais detalhes da programação aqui.

Interessados podem assistir às orientações ao vivo no canal da TV Portal CNM no YouTube. Clique aqui para acompanhar.