Home > Eleições > Eleições 2020 mostram baixo índice de mulheres na gestão pública

Eleições 2020 mostram baixo índice de mulheres na gestão pública

A concorrência ao cargo de gestão pública municipal nas eleições deste ano bateu número recorde de candidatos, quando 2.788 pessoas participaram da disputa para os cargos de prefeitos(as). Apenas 7,5% dos cargos do executivo serão ocupados por mulheres, as 64 prefeitas eleitas. Os demais 789 municípios mineiros serão geridos por homens.

Apesar do alto índice de concorrentes, não foi observada importante renovação nos mandatos nas prefeituras de Minas Gerais, uma vez que foram 346 gestores reeleitos, o que corresponde a 41% dos candidatos à reeleição. Desse percentual, 18 cargos serão ocupados por prefeitas reeleitas. Além disso, três mulheres que concorreram às prefeituras de Minas Gerais, no 2º turno, foram eleitas no domingo 29 de novembro.

O resultado das eleições mostrou, também, a preferência por mulheres mais experientes ocupando cargos do executivo. Neste ano, foram eleitas 13 prefeitas com mais de 60 anos, 41 na faixa etária entre 41 e 60 anos e 10 gestoras de 21 a 40 anos.

Legislativo

No Poder Legislativo, o número de mulheres na política também é muito baixo. O processo eleitoral deste ano contou com a participação de 76.085 candidatos para eleger 8.481 vereadores em todo o Estado de Minas Gerais. Desse total, apenas 1.176 são mulheres, sendo 1.016 novas vereadoras e 160 vereadoras reeleitas.

Fonte: AMM, com informações do TSE. Foto: Pixabay.