Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Diversidades na Política é tema de painel no 36° Congresso Mineiro de Municípios

Diversidades na Política é tema de painel no 36° Congresso Mineiro de Municípios

O tema “Diversidades na Política” foi debatido, pela primeira vez no Brasil, em um evento de grande porte, durante o 36° Congresso Mineiro de Municípios, na tarde desta quarta-feira (15 de maio). A abertura foi feita pelo prefeito de Itapecerica e diretor regional Centro-Oeste da AMM, Wirley Rodrigues Reis, em painel que contou com a presença da vereadora de Viçosa, Brenda Santunioni; da vereadora de Uberlândia, Pâmela Volp; da professora e candidata ao Senado Federal, Duda Salabert; e do ex-coordenador de Políticas de Diversidade Sexual da Secretaria Estadual de Direitos Humanos de Minas Gerais, Douglas Miranda.

O tema 1, “Militância e expressão estadual”, foi apresentado por Duda Salabert. Para a candidata ao Senado nas últimas eleições, só é possível pensar em democracia a partir do momento que há diversidade de gêneros, corpos e identidades. “Para além da palestra, eu vim aqui fazer uma denúncia. Há um verdadeiro genocídio da população LGBT no Brasil e na América Latina em curso. Há 11 anos consecutivos, o Brasil é o País que mais mata transexuais no mundo. A expectativa de vida dos transexuais não passa dos 35 anos. E 41% dos LGBTs estão infectados com o vírus HIV. Os números são assustadores e acreditamos que, por meio da política, é possível mudar isso”, expôs Duda Salabert.

“Diversidades em números” foi o tema 2, desenvolvido por Douglas Miranda, que também defendeu a participação mais ampla e qualificada da população LGBT em todas as instâncias de poder político, seja no Legislativo ou Executivo. Para a vereadora Brenda Santunioni, é necessário mostrar, com exemplos reais, que a população LGBT tem qualificações para atuar na política. “O mais importante aqui é desfocar da orientação sexual, que é da alçada da vida privada de cada um, e focar na capacidade profissional dessa população”, explicou a vereadora de Viçosa.

A vereadora Pamela Volpi apresentou o tema 3, “Desafios na atuação parlamentar” e abordou o quanto é importante incluir no debate político a participação social e os direitos da população LGBT. Com projetos inéditos e premiados no Brasil, a vereadora, em dois anos de mandato, conseguiu empregar 36 travestis. “As políticas públicas de inclusão precisam avançar, mas já temos algumas conquistas relevantes para comemorar, apesar da violência contra a população LGBT que ainda existe em larga escala”, comentou Pamela Volpi.

O quarto e último tema foi apresentado pelo prefeito Wirley Rodrigues Reis: “Inovação no executivo municipal”. Ele falou sobre a importância da AMM trazer o tema, pela primeira vez em Minas e no Brasil, para um congresso de municípios desse porte. “A diretoria da AMM está de parabéns pela coragem de trazer para o debate um tema tão polêmico, mas de fundamental importância para a população LGTB que sofre todo tipo de preconceito e violência”, concluiu o prefeito de Itapecerica.

O 36° Congresso Mineiro de Municípios, promovido pela Associação Mineira de Municípios (AMM), acontece nesta terça e quarta-feira, dias 14 e 15 de maio, no Estádio Mineirão. O tema deste ano é: “Novos governos. Perspectivas, Desafios e Compromisso com os Municípios.”

Mais informações no portal da AMM (aqui). Confira a cobertura fotográfica aqui.