Home > AMM na imprensa > Diário do Aço – Ordem de serviço para obras da Ponte Velha é assinada

Diário do Aço – Ordem de serviço para obras da Ponte Velha é assinada

A assinatura foi realizada na noite desta segunda-feira (26), em cerimônia prestigiada pelos prefeitos das duas cidades e demais autoridades locais
Fernando Lopes

Superintendente regional do Dnit, Fabiano Cunha, assinou ordem de serviço do início das obras

O Departamento Nacional de Infraestruturas de Transportes (Dnit) a empresa Vereda Engenharia realizou a assinatura da ordem de serviço que autoriza o início das obras de recuperação da Ponte Velha, que liga os municípios de Coronel Fabriciano e Timóteo. A assinatura foi realizada na noite desta segunda-feira (26), em cerimônia prestigiada pelos prefeitos das duas cidades e demais autoridades locais, na sede da Fiemg Regional Vale do Aço.

De acordo com o superintendente regional do Dnit, Fabiano Cunha, as obras foram dividas em três etapas. “Hoje assinamos a ordem do início das obras. O projeto foi assinado há quase seis meses. O cronograma vem sendo seguido pela Vereda Engenharia, vencedora do processo licitatório. Decidimos dividimos por a obra por etapas, em infra, meso e superestrutura. Temos recursos assegurados para estas obras”, informa Fabiano.

O superintendente afirmou que parte dos recursos já estão assegurados para as obras. “A licitação toda é de R$9.800 milhões. Já temos empenhado algo acima de R$3,5 milhões, o que permite trabalhar a parte de infraestrutura tranquilamente. Os recursos não demandam rubrica específica do Governo Federal, ele é assegurado nos recursos de manutenção rodoviária, gerido pela Superintendência. Sendo assim, não será por falta de recursos que a obra será iniciada e não concluída. O prazo contratual era de 560 dias, sendo 180 para projetos e o restante para obras, acreditamos que iremos entregar dentro do prazo”, afirma Fabiano.

O prefeito de Coronel Fabriciano,  (PSDB), destacou que a construção da ponte sempre foi um foco da Administração Municipal. “Desde que assumimos a gestão foi uma preocupação minha e, posteriormente, do prefeito Douglas. Tivemos diversas conversas no Dnit e graças ao empenho do superintendente Fabiano, a obra finalmente está andando”, declara Marcos.

Para o prefeito de Timóteo, Douglas Wilkys (PSB), a ponte simboliza desenvolvimento das duas cidades. “Chegou o dia de dar uma boa notícia para a população que vê que aquela ponte é mais que uma simples ligação entre duas cidades. Com a ponte, facilitará o trânsito entre Coronel Fabriciano e Timóteo e ajudará no desenvolvimento das duas cidades”, pontua Douglas.

A ponte apresentou problemas estruturais em 2012 e, desde então, diversas licitações foram realizadas na tentativa de reparar os danos. Em 2017, a Superintendência Regional do órgão assumiu o compromisso de licitar a obra da ponte.

Notícia original aqui.