Home > ÁREAS TÉCNICAS > Cultura e Turismo > Diamantina receberá 9º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial nos dias 11 a 13 de agosto; AMM é apoiadora do evento

Diamantina receberá 9º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial nos dias 11 a 13 de agosto; AMM é apoiadora do evento

Entre os dias 11 e 13 de agosto, acontece o 9º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial. O município de Diamantina, na região central de Minas, será sede do evento, que tem como objetivo fortalecer o turismo com a promoção de ações sustentáveis nessas localidades. O evento é promovido pela Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Cultural (OCBPM), com apoio da Associação Mineira de Municípios (AMM), da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e da prefeitura de Diamantina.

O encontro irá trabalhar a governança do turismo nas cidades Patrimônio Mundial e históricas brasileiras, de forma sustentável, bem como promover a utilização do patrimônio como atrativo de riquezas, desenvolvimento e seu aproveitamento pelo turismo, especialmente no momento pós-pandemia. O encontro terá, também, pauta internacional, em que serão discutidos os avanços e desafios das políticas públicas e celebrar os 50 anos da convenção para a Proteção do Patrimônio Mundial Cultural e Natural.

Para participar, o interessado deve acessar o site oficial do evento, podendo optar pela participação de forma online ou presencial.

Em visita à sede da CNM, o presidente da AMM e prefeito de Coronel Fabriciano, Marcos Vinicius, aproveitou a oportunidade para gravar convite aos prefeitos no estúdio da entidade. “Convidamos os municípios de Minas Gerais e de todo o Brasil para participarem deste importante evento, não apenas para os mineiros, mas para todo o País”, convocou. Assista ao vídeo:

O presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, também ressaltou que, após os dois anos de pandemia, o setor turístico tem sido um dos importantes pilares para a recuperação do setor e das finanças municipais. “Essa é uma bandeira permanente da CNM, que entende ser por meio do Turismo uma das alternativas de geração de renda e emprego”, disse.

No 9º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial, os participantes poderão trocar experiências entre as gestões locais, além de ouvir renomados especialistas sobre como trabalhar a governança do turismo. “A participação de prefeitos, prefeitas, secretários e secretárias municipais, vereadores, vereadoras e demais agentes municipais, presencial ou virtualmente, é essencial para a construção de propostas que contribuam para o fortalecimento da capacidade local, do poder de cooperação e do grande potencial para a geração de riquezas, trabalho e renda”, reforçou o Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM), Mário Nascimento.

Sobre Diamantina

A localidade é uma das cidades históricas mais conhecidas e visitadas do País. O casario colonial, de inspiração barroca; as edificações históricas; as igrejas seculares; a belíssima paisagem natural e uma forte tradição religiosa, folclórica e musical são símbolos da riqueza cultural do município.

Diamantina teve seu Centro Histórico reconhecido como Patrimônio Mundial pela Unesco em 1999. O município tem conservado numerosos edifícios e vem obtendo, ao longo dos anos, resultados decorrentes do desenvolvimento econômico e social, por meio da associação e utilização do patrimônio cultural como vetor de desenvolvimento para o turismo.

É importante ressaltar que a AMM conta com uma assessoria técnica de Cultura e Turismo que trabalha com dados, eventos e informações relevantes para o desenvolvimento dessas duas áreas nos municípios mineiros.

Mais informações com a assessora técnica de Cultura e Turismo da AMM, Brenda Grandioso, pelo telefone (31) 2125-2437.

Com informações da CNM