Home > Coronavírus > Desenvolve Minas Gerais: Municípios da AMVAP debateram governança e compras públicas durante oitava edição do AMM nos Municípios

Desenvolve Minas Gerais: Municípios da AMVAP debateram governança e compras públicas durante oitava edição do AMM nos Municípios

Com foco em temas ligados à governança e às compras públicas como fatores significativos para o desenvolvimento e fixação de riqueza no território, a oitava edição do projeto “AMM nos Municípios – Encontro Online nas Microrregionais” foi promovida na manhã desta terça-feira (22), envolvendo os municípios da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba (AMVAP), no Triângulo Mineiro.  O evento aconteceu por meio de transmissão ao vivo pelos canais de comunicação da Associação Mineira de Municípios (AMM).

A reunião foi assistida por gestores, servidores públicos, parlamentares e sociedade civil interessada em empreendedorismo. A abertura contou com a participação do 1º vice-presidente da AMM e prefeito de Pirajuba, Rui Ramos, representando o presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda; do diretor-técnico do Sebrae Minas, João Cruz; do presidente da AMVAP e prefeito de Prata, Anuar Arantes Amui.

O diretor-técnico do Sebrae Minas, João Cruz, destacou que, para os pequenos negócios se desenvolverem, é importante que o ambiente de negócios seja favorável, e essa melhoria engloba um conjunto de ações que envolve o poder público, que é o foco da parceria com a AMM, no projeto Desenvolve Minas Gerais. “O nosso principal parceiro é o município, onde o negócio está inserido e que tem um poder extraordinário de facilitar ou complicar a vida do pequeno negócio. Nosso trabalho aqui é subsidiar os municípios na melhoria desse ambiente de negócios, para que possam aderir a esse conjunto de ações e facilitar o desenvolvimento de pequenos negócios, que gera mais empregos e cria mais renda, criando o círculo virtuoso do desenvolvimento econômico”, disse.

Para o 1º vice-presidente da AMM e prefeito de Pirajuba, Rui Ramos, os temas que vêm sendo abordados de acordo com as especificidades de cada região do Estado podem ajudar muito os gestores a preparar os municípios no pós-pandemia, incentivando as pequenas empresas e os negócios locais, que fixam os recursos no território. “Nós que estamos terminando o mandato vivemos um dos piores momentos durante esta gestão, com retenção de repasses por parte do governo estadual, com o Estado quebrado e, para ajudar, ainda vem uma pandemia, com uma eleição no meio.”

Governança

Dentro do conceito de governança e do conjunto de princípios que buscam orientar, monitorar e estimular os relacionamentos, o programa LÍDER, criado pelo Sebrae,  tem por objetivo aproximar as lideranças dos três setores para criar convergência de ações,  visando o planejamento e a coordenação das ações regionais.

Para falar sobre o projeto, o gerente do Sebrae Minas regional triângulo, William Brito, destacou a importância de se prever o desenho do plano estratégico da região, além da definição de um sistema de governança e um método de acompanhamento e controle de gestão do desenvolvimento. “Uma região de municípios naturalmente gera um sistema magnético de atração e repulsão de oportunidades, e é necessário que os municípios saibam aproveitar essa oportunidade. Os municípios menores sofrem ou podem tirar proveito dessa situação, e o tema governança cai como uma luva”, destacou.

Para apresentar o tema “Políticas de fomento para o ambiente de negócios da região do coração do cerrado”, o evento contou com a participação do reitor do Centro Universitário Mário Palmério (UNIFUCAMP), Guilherme Ghelli. Ele explanou sobre o programa LÍDER na região, denominado Coração do Serrado, que iniciou em maio de 2017 e encerrou em novembro de 2018, trabalha em 11 cidades da região e apresentou as ações que estão sendo implementadas a partir do planejamento estratégico integrado.  “Precisamos da união das lideranças da região. Acima das questões ideológicas, que tenhamos essa união e esse compartilhamento, junção de forças, em torno de uma mesma direção”, disse.

Já o presidente da Associação Comercial e Industrial de Ituiutaba, Mário Jacob Junior, destacou a infraestrutura e logística do Pontal Mineiro. Ele ressaltou a realidade da região, que necessita desenvolver a logística para o desenvolvimento, principalmente com a melhoria do escoamento da economia local.

Compras Públicas

As compras públicas municipais voltadas à fixação de recursos no território têm sido incentivadas pelo Desenvolve Minas Gerais como um importante instrumento de fortalecimento dos pequenos negócios locais.

Para apresentar o tema: “Compras Públicas: dados transformados em estratégias”, participou o gerente da unidade de inteligência empresarial do Sebrae Minas, Felipe Brandão. Segundo ele, fica mais evidente na situação dos municípios que não têm capacidade de investimento grande, que essas compras podem se tornar uma forma de injetar dinheiro na economia local para favorecer seu ambiente de negócios. “Ele precisa ser usado para sustentar esse crescimento da economia, porque gera o chamado ciclo virtuoso”, disse.

O case regional foi abordado pelo representante da Sala Mineira do Empreendedor, Wallace Rodrigo Soares Oliveira: “Programa Comprar Bem”. O Programa Compre Bem visa capacitar e ampliar as possibilidades das microempresas de Nova Lima nos procedimentos de compras públicas municipais. Em conjunto com a sociedade, visa desenvolver todos os mecanismos possíveis para que os recursos administrados pela Prefeitura de Nova Lima permaneçam no município. Pelo Programa Comprar Bem, as empresas são estimuladas, incentivadas e capacitadas, com a finalidade de se tornarem mais competitivas, especialmente, no âmbito das compras governamentais, possibilitando a geração de novas oportunidades de negócios.

Desenvolve Minas Gerais 

O evento faz parte do Desenvolve Minas Gerais, convênio celebrado entre a AMM e o Sebrae Minas durante o Delta Fórum – Encontro de Desenvolvimento Econômico para Lideranças e Territórios, que aconteceu em Belo Horizonte, em dezembro do ano passado. O principal objetivo do projeto, que tem o apoio do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, é criar estratégias para o desenvolvimento local com a mobilização do poder público, iniciativa privada e o terceiro setor, possibilitando condições favoráveis de sobrevivência dos pequenos negócios, que são fonte de trabalho e renda para milhões de pessoas em todos os 853 municípios do Estado.   

No Portal AMM, é possível saber mais sobre o projeto Desenvolve Minas Gerais e todas as edições anteriores do AMM nos Municípios, inclusive ao conteúdo integral de cada reunião. Clique aqui e acesse.   

Parceiros  

O Desenvolve Minas Gerais conta com a parceria do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e diversas entidades, como o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG), Tribunal de Contas da União (TCU), Confederação Nacional de Municípios (CNM), Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater) e Conselho Regional de Engenharia (CRE-MG); todos juntos em estratégias para o desenvolvimento econômico local.

Acompanhe a próxima transmissão ao vivo do projeto, em parceria com a AMVI, na quinta-feira (24 de setembro), às 9 horas, pelo canal da AMMTVMinas no Youtube (clique aqui).