Home > COMUNICAÇÃO > AMMTV > Desenvolve MG > Desenvolve Minas Gerais: municípios da AMBASP foram os anfitriões da 14ª edição do “AMM nos Municípios”

Desenvolve Minas Gerais: municípios da AMBASP foram os anfitriões da 14ª edição do “AMM nos Municípios”

No evento, as autoridades e os palestrantes reforçaram a importância dessa parceria entre a AMM e o Sebrae para auxiliar os gestores públicos com sugestões relevantes à retomada econômica dos municípios

A necessidade de projetos em longo prazo, a diversificação econômica, a importância dos consórcios e o investimento no turismo foram destaques da 14ª edição do projeto “AMM nos Municípios – Encontro Online nas Microrregionais”, nesta sexta-feira (16 de outubro), de forma totalmente virtual, pelos canais de comunicação da Associação Mineira de Municípios (AMM). Os anfitriões do evento foram os municípios da região da Associação dos Municípios da Microrregião do Baixo Sapucaí (Ambasp). 

A abertura do evento contou com a presença do Presidente  da Ambasp e Prefeito de Paraguaçu, José Tibúrcio de Prado Neto; do Diretor-técnico do Sebrae Minas, João Cruz; e do 1º Secretário da AMM e Prefeito de Andradas, Rodrigo Aparecido Lopes, representando o Presidente da AMM e Prefeito de Moema, Julvan Lacerda; com a mediação do coordenador geral de Comunicação da AMM, Lu Pereira..

O anfitrião do encontro, o Presidente  da Ambasp e Prefeito de Paraguaçu, José Tibúrcio de Prado Neto, reforçou a excelência da parceria da AMM com o Sebrae ao levar capacitação aos gestores de todas as regiões do Estado.

O Diretor-técnico do Sebrae Minas, João Cruz, ressaltou o trabalho dos prefeitos de Paraguaçu, José Tibúrcio de Prado Neto (vencedor de um dos prêmios do Sebrae) e de Andradas, Rodrigo Aparecido Lopes. Para o diretor, o Sebrae trabalha como parceiro dos municípios independentemente de bandeiras partidárias e isso está ficando claro com as edições do “AMM nos Municípios”, quando os prefeitos e palestrantes se unem para apresentar os projetos como sugestões de melhorias a todos os municípios. O diretor ressaltou, ainda, a parceria da AMM com o Sebrae na execução do curso sobre encerramento de mandato. A próxima turma será de 27 a 30 de outubro, de forma totalmente virtual. Mais informações e inscrições no Portal AMM. Clique aqui e acesse.

O 1º Secretário da AMM e Prefeito de Andradas, Rodrigo Aparecido Lopes, representando o Presidente da AMM e Prefeito de Moema, Julvan Lacerda, salientou a importância da parceria entre a AMM e o Sebrae com o evento e os cursos para ajudar na transição entre os prefeitos atuais e os novos. “Devemos eleger de 40% a 50% de pessoas que nunca tiveram à frente de uma gestão pública e vão precisar muito desse respaldo. E o Sebrae é uma instituição fundamental para isso e, com certeza, precisa haver essa integração. Nos últimos dois anos, tivemos a segurança de receber em dia o ICMS e o IPVA da dívida do governo anterior. Essa segurança para os prefeitos que estão saindo deixam 21 parcelas para a próxima gestão. A AMM segue nesse intuito de fortalecer a visão municipalista. Não dá para trabalhar sozinho; para construir questões sozinho.”

Diversificação econômica

Na abertura do primeiro painel a “Diversificação econômica”, o consultor do Sebrae Minas Rafael Lucchesi Gomes falou o “Plano de Desenvolvimento local como ferramenta estratégica para uma gestão empreendedora”. Na avaliação do consultor, todas as cidades que são destaques na gestão, hoje, é porque pactuaram um projeto de gestão com continuidade, planejando as ações em longo prazo, independentemente de mudanças políticas. “O que faz uma nação desenvolvida é, primeiro, a visão positiva dos seus cidadãos sobre o futuro. E não o contrário”, afirmou Rafael, que ressaltou, também, a importância do turismo ao desenvolvimento local.

Já o tema “A importância do turismo na retomada da economia” foi apresentado por Cláudio Ramos, Consultor do Sebrae Minas, que ressaltou como sendo o maior desafio transformar o potencial do município em oportunidade de retomada da economia local. “É preciso pensar o turismo como estratégia de desenvolvimento. O turismo é uma cadeia produtiva e o que está no centro de tudo é a gestão, que deve ser colaborativa e compartilhada.” O consultor reforçou, também, a importância dos municípios terem um Conselho Municipal de Turismo.

Na sequência, foi apresentado o “Case Frutas vermelhas: A diversificação produtiva no desenvolvimento local”, por Cleyton Aguiar Silva do Nascimento, Produtor de frutas vermelhas em Machado. A história do produtor começou com a cultura do café e, por meio do incentivo da prefeitura do município, teve início a cultura das frutas vermelhas como diversificação econômica. “A gente consegue empregar pessoas pelo período maior, que começa na colheita do café e vai para a das amoras. É importante para o município. Um dos papeis é trazer a minha experiência como produtor e dizer que estamos abertos a parcerias para desenvolver a nossa região.”

O analista técnico do Sebrae Minas Francisco Correa apresentou o “Sebrae Sul: programas e parcerias”, quando reforçou o trabalho de pesquisa da entidade, como aconteceu no caso das frutas vermelhas, para auxiliar os empresários e produtores na diversificação econômica. “O propósito do Sebrae também é de extensão ao desenvolvimento econômico com suporte empresarial. Agradeço a AMM e a Ambasp pela parceria e aproveito para falar que o Sebrae está aberto a parcerias.”

Liberdade Econômica

Na segunda parte do evento, o Subsecretário de Estado de Desenvolvimento Regional de Minas Gerais, Douglas Cabido, fez a apresentação do “Guia da Liberdade Econômica”. No ano passado, o governo federal lançou a Lei de liberdade econômica (Lei nº 13.874, de 20 de setembro de 2019), com pilares básicos. Neste ano, o governo estadual lançou o Guia Municipal da Liberdade Econômica por entender que serve como ferramenta para auxiliar no desenvolvimento econômico dos municípios mineiros. “Aqui, tem o passo a passo de como o município pode aplicar a lei, como implementar as ações, para os municípios desenvolverem as atividades de liberdade econômica. Vamos criar um eclipse que envolve o governo federal, o governo estadual e os municípios.”  Confira o guia aqui.

Para finalizar, o tema “Consórcios públicos” foi apresentado pelo prefeito José Tibúrcio de Prado Neto na palestra “Consórcio público no desenvolvimento local: Case CIDERSU”. “Os consórcios são grandes ferramentas da gestão pública e podem estar ligados a pequenos, médios e grandes municípios, e, também, interestaduais. O consórcio, essa importante ferramenta na gestão pública, nos traz a oportunidade da economia do dinheiro público. Isso é um ponto. Por exemplo, nas licitações, você pode pegar de 10 a 20 municípios licitar tudo em um só bloco e, com isso, ter ganho e um diferencial muito grande”, contou o prefeito que, no final, agradeceu a AMM e o Sebrae “por esta manhã que nos enriquece muito mais”.

Desenvolve Minas Gerais 

O evento faz parte do Desenvolve Minas Gerais, convênio celebrado entre a AMM e o Sebrae Minas durante o Delta Fórum – Encontro de Desenvolvimento Econômico para Lideranças e Territórios, que aconteceu em Belo Horizonte, em dezembro do ano passado. O principal objetivo do projeto, que tem o apoio do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, é criar estratégias para o desenvolvimento local com a mobilização do poder público, iniciativa privada e o terceiro setor, possibilitando condições favoráveis de sobrevivência dos pequenos negócios, que são fonte de trabalho e renda para milhões de pessoas em todos os 853 municípios do Estado.   

No Portal AMM, é possível saber mais sobre o projeto Desenvolve Minas Gerais e todas as edições anteriores do AMM nos Municípios, além de ter acesso ao conteúdo integral de cada reunião. Clique aqui e acesse.   

Parceiros  

O Desenvolve Minas Gerais conta com a parceria do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e diversas entidades, como o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG), Tribunal de Contas da União (TCU), Confederação Nacional de Municípios (CNM), Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater) e Conselho Regional de Engenharia (Crea-MG); todos juntos em estratégias para o desenvolvimento econômico local.

Acompanhe a próxima transmissão ao vivo no dia 20, às 9 horas, pelo canal da AMMTVMinas no Youtube (clique aqui).