Home > Comunicação > Notícias > Deliberação aprova redução no intervalo da dose de reforço da vacina contra a COVID-19 da Pfizer em Minas Gerais

Deliberação aprova redução no intervalo da dose de reforço da vacina contra a COVID-19 da Pfizer em Minas Gerais

A Deliberação CIB-SUS/MG Nº 3.680, publicada nesta sexta (16), estabelece que fica aprovada a redução no intervalo de administração da dose de reforço da vacina contra a COVID-19, da fabricante Pfizer, no Estado de Minas Gerais. Poderá ser administrada dose de reforço a partir de 4 (quatro) meses após a última dose do esquema vacinal primário. A redução está permitida quando houver doses da vacina Pfizer com prazo de vencimento, por descongelamento, inferior a 15 dias e impossibilidade de remanejamento das doses entre municípios vizinhos.

A redução no intervalo de administração da dose de reforço da vacina contra a COVID-19 está condicionada a disponibilidade de doses no município. A continuidade da aplicação da dose de reforço está condicionada ao envio de doses por parte do Ministério da Saúde.

A deliberação considera o atual cenário epidemiológico da pandemia da COVID-19, com aumento de casos e óbitos no mundo, e que os países têm apresentado diferentes coberturas vacinais e a confirmação da variante Ômicron (B.1.1.529), já diagnosticada em vários continentes, incluindo casos confirmados no Estado de São Paulo; e os elevados quantitativos de doses da vacina Pfizer disponíveis, bem como o curto prazo de vencimento após o descongelamento que demandam uma estratégia rápida para evitar perdas.

Acesse a DELIBERAÇÃO CIB-SUS/MG Nº 3.680 na íntegra aqui.

Mais informações com a assessora do departamento de Saúde da AMM, Juliana Marinho, pelo telefone (31) 2125-2433.