Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > Conasems elege nova diretoria durante congresso em Brasília; AMM é parceira da entidade e participa do evento

Conasems elege nova diretoria durante congresso em Brasília; AMM é parceira da entidade e participa do evento

O novo presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) foi eleito nesta quarta-feira (3), durante a abertura do XXXV Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, que acontece entre os dias 2 e 5 de julho, em Brasília. Willames Freire Bezerra, secretário municipal de Pacatuba (CE), foi eleito pela chapa única “Somos todos Conasems”, composta por 37 gestores municipais, que passam a ocupar cargos na diretoria executiva da entidade.

O novo presidente do Conasems, Willames Freire, com a assessora da AMM, Juliana Marinho

A Associação Mineira de Municípios (AMM) participa do evento, representada pela assessora do departamento técnico de Saúde da entidade, Juliana Marinho. Segundo ela, a gestão do ex-presidente Mauro Junqueira – que permanece como secretário executivo na nova diretoria – fortaleceu a parceria com a AMM e vem trazendo frutos que devem ser mantidos com a nova gestão.

Presidente do COSEMS-MG, Eduardo Luiz da Silva, o Vice-Presidente Hermógenes Vaneli e a assessora Juliana Marinho

Juliana reforça ainda que a participação da AMM no Congresso é de extrema importância para o desenvolvimento do trabalho conjunto, pois é um momento de troca de experiências e informações que impactam no dia a dia dos gestores. “A busca por novos conhecimentos e atualizações é fundamental para que possamos orientar os municípios nas suas melhores tomadas de decisões, visando sempre a melhoria do atendimento a saúde da população e o fortalecimento do SUS”.

Cerimônia

Ao assumir a presidência, Willames Freire agradeceu a missão a ele confiada e disse ter consciência de que a cordialidade, a democracia e a construção de consensos são a essência do Conasems. “Sigo um trabalhador do SUS como sempre fui, ciente da importância da gestão tripartite, da parceria permanente com o Ministério da Saúde, com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e com o Conselho Nacional de Saúde (CNS)”.

Presente na abertura, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pontuou algumas questões importantes que precisam ser revistas para que o sistema se consolide e fortaleça, como a judicialização, os recursos humanos do SUS, a desorganização das redes de atenção, entre outros.

Para o ministro, o século XXI será uma época de muitas alegrias para o SUS, mas também de grandes desafios. “Temos o enorme desafio de construir um sistema coletivo onde a nossa maior ameaça é a fragilidade da construção dos recursos humanos em saúde. Já passou da hora de termos um diálogo franco e aberto também com o Congresso Nacional”.

Anúncio

Durante a abertura, foi assinada pelo ministro da Saúde a liberação de 236 milhões destinados para Atenção Básica, além da resolução que desburocratiza o processo de contratação de novas equipes de saúde da família. “O gestor municipal vai poder assinar sem passar pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB). A decisão de abertura da equipe está adstrita ao município, não faz sentido essa burocratização, quando perguntei porque funcionava assim me disseram aquela famosa resposta ‘não sei te dizer o porque, mas isso sempre foi assim…’ agora não vai ser mais ser assim, a ideia é facilitar a gestão e fortalecer a atenção básica, que é prioridade”.

Balanço

Além da eleição da nova diretoria do biênio 2019-2021, foi apresentado o balanço de gestão (2017-2019), referente à presidência de Mauro Junqueira, e o relatório de prestação de contas anual. Também foi eleita a cidade sede do Congresso Conasems 2020 – Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul.

Sobre o Congresso

Com o tema “Diálogos no Cotidiano do SUS”, o Congresso do Conasems promove o encontro de mais de 5 mil congressistas – dentre eles, gestores municipais de saúde, trabalhadores do SUS, e de todas as esferas de governo, representantes de instituições ligadas à saúde pública e autoridades. O encontro é um momento de troca de experiências e informações que impactam diretamente no fortalecimento do SUS.

A programação completa conta com painéis, mesas temáticas, oficinas, seminários e reuniões para discutir os principais temas da saúde pública no país, como: Planejamento Regional Integrado e Rede de Atenção à Saúde, Economia da Saúde, Gestão de Recursos do SUS, Fortalecimento da Assistência Farmacêutica na Atenção Básica,  Judicialização do SUS, dentre outros.

O evento conta ainda com a tradicional “Feira Brasil aqui tem SUS”, onde instituições e empresas, públicas e privadas, irão expor e divulgar suas experiências, produtos, serviços, tecnologias e mecanismos de interação tanto com os organismos ligados ao SUS quanto com os cidadãos.