Home > Comunicação > Notícias > Cerca de 900 mil pessoas ainda não se vacinaram contra a gripe em Minas Gerais

Cerca de 900 mil pessoas ainda não se vacinaram contra a gripe em Minas Gerais

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe se encerra no próximo dia 30 de junho e, em Minas Gerais, 883.391 pessoas, que fazem parte do público-alvo da campanha, ainda não receberam a vacina. Mesmo com cobertura geral de 94,96%, o Estado ainda não atingiu a meta, que é vacinar pelo menos 90%, em cada um dos grupos prioritários. Os gestores públicos devem ficar atentos para mobilizar a população na última semana da campanha.

Segundo dados do Sistema de informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI) de hoje, 23/06, a menor cobertura está entre os adultos de 55 anos a 59 anos, cuja taxa é 59,06%. Entre as gestantes, a cobertura encontra-se em 62,20% e entre as crianças em 66,56%. Entre as puérperas, a cobertura está em 80,34%.

A vacina contra a gripe protege contra os três subtipos do vírus influenza que mais circularam no último ano no Hesmifério Sul, de acordo com determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Além de reduzir as complicações que podem produzir casos graves e óbitos por influenza, a vacinação diminui a procura por serviços de saúde. Apesar de não ter eficácia contra o coronavírus, neste momento, a vacina irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para a Covid-19, já que os sintomas são parecidos.

O público-alvo da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe é formado por Idosos com 60 anos ou mais de idade, trabalhadores da saúde, membros das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas ou condições clínicas especiais, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo, trabalhadores portuários, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas com deficiência, professores de escolas públicas e privadas, crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas (pós-parto até 45 dias) e pessoas de 55 a 59 anos de idade.

Influenza

Até o momento, foram notificados 16.677 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG hospitalizado) de residentes em Minas Gerais. Do total de casos notificados com amostras já processadas, 109 foram de SRAG por Influenza. Desses, 15 evoluíram para o óbito. Confira o boletim aqui.

A única forma de se prevenir contra a doença é por meio da vacinação. Procure o posto de saúde mais próximo e aproveite a campanha que se encerra no dia 30 de junho.

Fonte: Ministério da Saúde. Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG.

Mais informações com a assessora do departamento de Saúde da AMM, Juliana Marinho, pelo telefone (31) 2125-2433.