Home > Comunicação > Notícias > Campanha Maio Amarelo mobiliza população em prol de mais segurança no trânsito

Campanha Maio Amarelo mobiliza população em prol de mais segurança no trânsito

Com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos, em 11 de maio de 2011 a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. A iniciativa inspirou o movimento Maio Amarelo, mês que se tornou referência para o balanço das ações em todo o mundo.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para discutir o tema, engajarem-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Atendimentos na capital do Estado

O impacto da pandemia teve reflexos também no trânsito, já que visivelmente o número de veículos circulando diminuiu durante o período. Apesar disso, em 2020 foram atendidas 8.402 vítimas de acidentes de trânsito no Hospital João XXIII, da Rede Fhemig, contra 8.345 em 2019.

O leve aumento, mesmo com as ruas e estradas mais vazias é, provavelmente, decorrente de muitos atendimentos que, em condições normais, ocorreriam em outros hospitais, inclusive do interior, mas que foram feitos no HJXXIII, devido à sobrecarga das unidades com o atendimento à covid-19.

Além disso, a diminuição de carros nas vias resultou em maior gravidade dos casos recebidos na unidade, como observa o cirurgião-geral e gerente assistencial do pronto-socorro, Rodrigo Muzzi. “A gravidade dos pacientes que chegaram ao HJXXIII foi maior, o que pode ser explicado pelo aumento da velocidade dos motoristas nas ruas e estradas, gerando, consequentemente, maiores impactos nos acidentes e lesões mais sérias”, aponta o cirurgião-geral.

O Movimento Maio Amarelo de 2021 aborda o tema Respeito e Responsabilidade: pratique no trânsito. Este ano, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) se tornou o primeiro do gênero no Brasil a ser reconhecido, pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), como Entidade Laço Amarelo. O projeto é uma extensão do movimento Maio Amarelo, criado com a proposta de chamar a atenção da sociedade para os altos índices de mortos e feridos no trânsito em todo o mundo.

Fontes para pesquisa: SES-MG, MPMG e Movimento Maio Amarelo

Mais informações com a assessora do departamento de Saúde da AMM, Juliana Marinho, pelo telefone (31) 2125-2433.