Home > Comunicação > Notícias > Boletim coronavírus de 16/09: Minas Gerais registra 2.106.357 casos confirmados em todo o Estado

Boletim coronavírus de 16/09: Minas Gerais registra 2.106.357 casos confirmados em todo o Estado

A assessoria do departamento de Saúde da AMM reforça a importância de a população seguir as orientações para evitar a disseminação do vírus 

De acordo com o Informe Epidemiológico do coronavírus desta quinta-feira (16 de setembro de 2021), até o momento, foram notificados 2.106.357 casos confirmados de infecção humana pela Covid-19, em Minas Gerais, com registro oficial de 53.899 óbitos confirmados. Estão em acompanhamento 32.818 casos e são 2.019.640   casos recuperados. Nas últimas 24 horas, foram 2.559 casos e 54 óbitos confirmados.

Sobre casos suspeitos: Conforme nova definição preconizada pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES), os casos anteriormente definidos como “suspeitos” passam a ser registrados nos sistemas oficiais de notificação como Síndrome Gripal Inespecífica, por não preencherem, em sua integralidade, critério para investigação laboratorial. Esses casos permanecerão sob acompanhamento das vigilâncias epidemiológicas estadual e municipal, mas deixam de ser tratados como casos suspeitos de Covid-19 e passam a ser síndromes respiratórias de interesse à saúde.

Sobre óbitos suspeitos: Neste momento, será priorizada a divulgação de indicadores que melhor traduzam a dinâmica da doença no Estado, como óbitos e casos confirmados (a exemplo do que já é feito pelo Ministério da Saúde). Entende-se que essas são as principais variáveis para acompanhar a evolução da doença, predizer a curva de casos e direcionar ações assistenciais.10 Todos os indicadores anteriormente divulgados permanecerão, no entanto, sendo monitorados pela SES/MG.

Confira o informe epidemiológico aqui.

Gestores da área de saúde, acessem o material da campanha da Secretaria de Estado da Saúde (SES) neste link (AQUI).

Sobre o coronavírus 

O Coronavírus (CID10) é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31 de dezembro de 2019, após casos registrados na China e provoca a doença chamada de coronavírus (Covid-19).

O período de incubação da doença é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem, desde a infecção por coronavírus, que pode ser de dois a 14 dias.

É possível a transmissão viral após a resolução dos sintomas, mas a duração do período de transmissibilidade é desconhecido para o coronavírus.

Os principais sintomas conhecidos até o momento são: febre, tosse e dificuldade para respirar.

Ao sentir esses sintomasprocure uma unidade de saúde imediatamente. Se tiver sintomas de gripe comum, procure ficar em casa, de forma isolada, fazendo repouso e tomando bastante líquido.

Fontes para pesquisa: COESMINAS/COVID-19/SESMG/Governo do Estado e Ministério da Saúde.