Home > ÁREAS TÉCNICAS > Cultura e Turismo > Ano da Mineiridade é lançado durante segunda edição do Encontro Estadual de Gestores Municipais de Cultura e Turismo

Ano da Mineiridade é lançado durante segunda edição do Encontro Estadual de Gestores Municipais de Cultura e Turismo

Anúncio de Edital de R$ 10 milhões da Cemig integra a programação do evento, que será nos dias 22 e 23 de março, no Palácio das Artes

As tradições, os costumes e as histórias das muitas Minas Gerais vão ditar o ritmo da segunda edição do Encontro Estadual de Gestores Municipais de Cultura e Turismo, projeto da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), para fortalecer as políticas públicas dos setores. Além de aproximar os profissionais, o evento celebra o estado com o lançamento do Ano da Mineiridade, uma iniciativa para exaltar Minas Gerais e as características únicas pelas quais o povo mineiro é reconhecido.

Segundo o secretário de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, a realização de mais um encontro com gestores é uma grande oportunidade para celebrar a diversidade e fortalecer as políticas públicas da Secult. “Minas só se faz a partir de sua gente. Essa aproximação é fundamental para entendermos as várias realidades do Estado e como podemos somar esforços a partir daí. Além disso, são esses encontros que nos permitem entender a amplitude de nossa mineiridade, que são muitas”, destaca.

Em sua segunda edição, o evento será na terça-feira (22/3) e na quarta-feira (23/3), reunindo mais de 700 gestores de municípios mineiros, no complexo cultural do Palácio das Artes, em Belo Horizonte. Com uma programação extensa, o evento reúne diversas ações que propõem maior transversalidade entre a Cultura e o Turismo, além de atividades formativas e reflexivas voltadas à qualificação dos profissionais que atuam nas cadeias produtivas dos setores. O evento tem início às 10h, do dia 22, com participação do secretário Leônidas Oliveira e outras autoridades.

Diversidade, diálogo e reflexões  

O primeiro dia de evento (22/3) reúne diversas atividades. Na programação, uma Aula Magna que vai aprofundar os pensamentos acerca das relações entre a Mineiridade, a Cultura e o Turismo. Haverá, também, uma palestra sobre os impactos positivos do Plano Descentra Cultura para o fomento cultural em Minas, e uma série de estudos de caso abordando diferentes temas, como Marketing das Águas em Minas, Cicloturismo cultural e as vantagens da urbanidade para a cultura e o turismo.

Já no segundo dia do encontro (23/3), a programação amplia o diálogo entre as Instâncias de Governança Regionais (IGRs), com encontros de gestores que serão no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes e no Cine Humberto Mauro. As reflexões vão abordar temáticas distintas, como os mecanismos de fomento e estímulo à cultura e ao turismo, a transversalidade entre esses dois segmentos, bem como as ferramentas do marketing aliadas à mineiridade.

Toda a programação é gratuita, e as inscrições podem ser feitas AQUI.

Edital para fomentar a cultura mineira 

O Ano da Mineiridade também será marcado por inúmeras iniciativas que celebram a diversidade da produção artística e cultural em Minas. Uma dessas ações é o Edital 70 Anos Cemig que vai disponibilizar R$ 10 milhões a projetos aprovados via Lei Estadual de Incentivo à Cultura (LEIC) e que promovam os aspectos da cultura mineira. Por meio desse edital, serão contempladas propostas de diferentes linguagens da cultura e das artes cênicas, visuais, musicais e literárias, além da preservação do patrimônio imaterial entre outras. A iniciativa será apresentada na quarta-feira (23/3), a partir das 14h, no Grande Teatro do Palácio das Artes.

Poderão ser proponentes empreendedores pessoa física e/ou jurídica, com ou sem fins lucrativos, que já tenham projetos aprovados na LEIC. O período de inscrições vai até 30 de junho de 2022, e os interessados devem submeter os projetos por meio da Plataforma Digital Fomento e Incentivo à Cultura (clique aqui). No cadastro do projeto, o proponente deverá indicar, no formulário de inscrição, qual ou quais serão as cidades sede das atividades pretendidas.

Mais informações com a assessora técnica de Cultura e Turismo da AMM, Brenda Grandioso, pelo telefone (31) 2125-2437.