Home > ÁREAS TÉCNICAS > Cultura e Turismo > AMM participa de reunião do Conselho Estadual de Turismo e destaca a força do setor em Minas Gerais

AMM participa de reunião do Conselho Estadual de Turismo e destaca a força do setor em Minas Gerais

Durante encontro, conselheiros deliberam sobre as ações da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo para a recuperação das atividades 

Com a proposta de avaliar as iniciativas da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) para o estímulo às atividades turísticas, o Conselho Estadual de Turismo (CET) promoveu a 52ª Reunião Ordinária – e primeira do ano – na quarta-feira (16/3). A assessora técnica de Cultura e Turismo da AMM, Brenda Grandioso, compõe o Conselho e participou do encontro virtual, com a presença do governador Romeu Zema, do secretário de estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, da subsecretária de Turismo, Milena Pedrosa, além de conselheiros do órgão colegiado e outros representantes do setor.

Durante sua participação, o governador Romeu Zema destacou a força do setor turístico em Minas Gerais. “Somos um estado com grande potencial. Estamos próximos das grandes metrópoles do Brasil e temos características únicas, como as cidades históricas, a gastronomia. Basta divulgarmos ainda mais que tudo isso existe aqui em Minas Gerais que os brasileiros vão vir pra cá. Nós também somos um povo reconhecidamente hospitaleiro e que carrega essa mineiridade, nosso grande diferencial”, destacou. O governador ressaltou, ainda, outros atrativos que podem ser potencializados em Minas Gerais, como o turismo de negócios.

Ações integradas

Com a retomada gradual das atividades no contexto de reabertura de setores no Estado, o turismo em Minas Gerais tem mostrado sólida recuperação. É com essa perspectiva que a Secult tem promovido ações para fortalecer o setor no Estado, bem como ampliar a geração de emprego e renda. Segundo o secretário Leônidas Oliveira, uma das principais iniciativas da pasta é promover a constante transversalidade entre o turismo e a cultura, proporcionando novas experiências à cadeia produtiva do segmento.

“A transversalidade com o turismo está acontecendo de uma forma muito interessante. Hoje, 72% do turismo em Minas Gerais é um turismo cultural, e essas duas áreas devem ter uma aproximação cada vez mais sólida. Estamos desenvolvendo ações que têm esse objetivo claro, que é o de promover uma integralidade entre esses dois setores tão importantes e que contribuem constantemente para a geração de emprego e renda. Nesse contexto de reabertura, essas ações serão ainda mais importantes”, pontou Leônidas Oliveira.

Durante a Reunião Ordinária, os conselheiros também deliberaram sobre os projetos e programas da Secult para o fomento turístico. Uma dessas iniciativas é o Via Liberdade, Projeto dos governos de Minas Gerais, do Rio de Janeiro, de Goiás e do Distrito Federal e que propõe estruturar uma nova rota turística e cultural, interligando as belezas históricas, culturais e artísticas entre os quatro estados. O projeto busca as oportunidades turísticas contidas no percurso de 1.179 quilômetros da BR-040 por meio de ações e programas estratégicos.

A pauta do CET também contemplou o Ano da Mineiridade, iniciativa do Governo de Minas para homenagear a população e suas características, valorizando a cozinha mineira e a cultura local, com a marca do acolhimento. Estão previstas, para 2022, exposições que falam da mineiridade, um inventário da cozinha mineira, uma ópera sobre Aleijadinho e outras atrações culturais juntamente com a estruturação de políticas públicas que vão evidenciar a unicidade de Minas Gerais, atraindo mais turistas.

Conselho

O Conselho Estadual de Turismo (CET) foi instituído pela Lei nº 8.502, de 19 de dezembro de 1983. O CET é um colegiado de caráter consultivo, propositivo e deliberativo e órgão superior de assessoramento e integração da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), que tem por finalidade propor ações e oferecer subsídios para a formulação da Política Estadual de Turismo e apoiar sua execução, com vistas a sua consolidação e continuidade.

O conselho é composto pelas principais entidades representativas do turismo em Minas Gerais, contemplando setores de transportes, agências de viagens, alimentação, hospedagem e guias de turismo. Atualmente, o CET possui 21 entidades da sociedade civil e 13 do setor público totalizando 68 membros (titulares e suplentes).

A próxima reunião extraordinária do conselho está marcada para abril.

Mais informações com a assessora técnica de Cultura e Turismo da AMM, Brenda Grandioso, pelo telefone (31) 2125-2437.