Home > Comunicação > Notícias > AMM participa de inauguração do sistema de captação de água do rio São Francisco em Montes Claros

AMM participa de inauguração do sistema de captação de água do rio São Francisco em Montes Claros

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, e o prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, participaram, no dia 8 de junho, na sede da Nova Prefeitura de Montes Claros, da solenidade de inauguração da extensão da adutora de captação de água do Rio São Francisco. O diretor regional da Associação Mineira de Municípios (AMM) no norte do estado, Valmir Morais de Sá, prefeito de Patis, participou do evento representando o presidente da Associação e prefeito de Coronel Fabriciano, Marcos Vinicius da Silva Bizarro. O diretor regional José Nilson Bispo, prefeito de Padre Carvalho, também esteve presente.

Na oportunidade, o chefe do executivo municipal e o governador do Estado também anunciaram a ordem de serviço para início das obras da construção das novas alças do Anel Rodoviário (setor leste e norte). O evento contou com a participação de diversos prefeitos da região, deputados, vereadores, além de representantes da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), e Eco-135 – responsáveis pelas duas obras.

O prefeito Humberto Souto participou da solenidade por videoconferência e afirmou que “esta é uma obra de fundamental importância para Montes Claros e para toda região do norte de Minas. Todas as cidades dependem de Montes Claros. Estruturar Montes Claros é estruturar o Norte de Minas. São obras fundamentais para integração da região. É a grande arrancada para busca do desenvolvimento e, agora, decretar o fim para do desabastecimento de água para os próximos 50 anos, além de estruturar nosso entroncamento para melhorar a mobilidade urbana”, disse.

O governador de Minas, Romeu Zema, disse que a construção da nova adutora é a preocupação do Estado com a maior cidade da região e municípios vizinhos. “Sabemos que as chuvas não são suficientes nessa grande região. Nenhuma indústria quer investir em região que não tenha água. Ninguém quer investir em um local que não tenha mobilidade urbana nem infraestrutura. Essas obras operacionais mostram a preocupação do governo com a cidade de Montes Claros, mas, sobretudo, com toda região do norte de Minas, que depende de Montes Claros”, afirmou.

Na adutora que vai trazer água para Montes Claros, o projeto contempla a construção de 146 quilômetros até o Velho Chico, no município de Ibiaí, complementando os 56 quilômetros de tubulação entre Montes Claros e o rio Pacuí. “É com alegria que anunciamos e inauguramos esta obra, fruto de uma parceria que tem dado certo. Quando trabalhamos em conjunto, conseguimos benefícios. E a parceria com a Prefeitura de Montes Claros tem gerado muitos benefícios. O projeto visa acabar de vez com a falta de água na maior cidade da região pelos próximos 50 anos”, observou Carlos Eduardo Tavares de Castro, diretor-presidente da Copasa.

Com informações da prefeitura de Montes Claros.