Home > Comunicação > Notícias > AMM participa da inauguração da Unidade de Combate ao Crime e à Corrupção do Ministério Público

AMM participa da inauguração da Unidade de Combate ao Crime e à Corrupção do Ministério Público

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) inaugurou, nesta sexta-feira, dia 1º de julho, a primeira Unidade de Combate ao Crime e à Corrupção (UCC) do Ministério Público Brasileiro. O presidente da AMM e prefeito de Coronel Fabriciano, Dr. Marcos Vinícius, participou da cerimônia, ao lado do anfitrião, o procurador-geral do MPMG, Dr. Jarbas Soares Junior, e do governador do Estado, Romeu Zema. Na solenidade, foi assinada a extinção da Procuradoria de Justiça Especializada no Combate aos Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais, centralizando todo o combate ao crime contra a corrupção nessa unidade da UCC do MPMG.

Na avaliação do Dr. Marcos Vinicius, a solenidade marca um novo tempo, com mais equilíbrio nas ações ao combate à corrupção. “Fico muito feliz com o comprometimento do Dr. Jarbas, com essa ação para encerrar a procuradoria de crimes contra prefeitos. A gente entende que têm pessoas de todas as áreas que cometem delitos, então, não teria como ser específico para prefeitos. O procurador-geral do MPMG, Dr. Jarbas Soares Junior, prometeu e, hoje, está cumprindo. E, no dia 11, faremos uma grande reunião com os prefeitos, quando ele sepultará, de uma vez por todas, essa procuradoria”, ressaltou o presidente da AMM.

Foram investidos, na instalação da UCC, R$ 39 milhões e estima-se a recuperação anual de cerca de R$ 1 bilhão para os cofres públicos. A nova sede que abrigará a UCC leva o nome do promotor de Justiça Francisco José Lins do Rego Santos, uma homenagem por seu trabalho em favor dos direitos fundamentais, contra a corrupção econômica, política e contra a macrocriminalidade.

Com área aproximada de 6.300 metros quadrados, distribuídos em 14 andares e dois subsolos, a nova sede da UCC contará com oito unidades de operação, sendo elas: o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco); o Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa da Ordem Econômica e Tributária (Caoet); O Centro de Apoio Operacional das Promotorias Criminais, de Execução Penal, do Tribunal do Júri e da Auditoria Militar (Caocrim); a Coordenadoria Estadual de Combate aos Crimes Cibernéticos (Coeciber); a Procuradoria de Crimes Praticados por Prefeitos e Ação Originária (Competência Originária); o Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público (Caopp) e o Grupo de Estudos em Políticas Públicas e Coordenadorias do Júri (GEPP).

Participaram da solenidade de criação da UCC: o presidente da AMM e prefeito de Coronel Fabriciano, Dr. Marcos Vinícius; o anfitrião, o procurador-geral do MPMG, Dr. Jarbas Soares Junior; o governador do Estado, Romeu Zema; o deputado estadual Gustavo Mitre; o corregedor do MP, Marco Antônio Lopes de Almeida; o Advogado-Geral do Estado, Sérgio Pessoa; o prefeito de Belo Horizonte, Fuad Norman; o chefe da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), Joaquim Francisco Neto e Silva; o Comandante-Geral da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), Coronel PM Rodrigo Sousa Rodrigues; a Defensora Pública-Geral de Minas Gerais, Raquel Gomes de Sousa da Costa Dias; o procurador-chefe do Ministério Público Federal, Patrick Salgado Martins; o coronel do Exército Alexandre Pereira Figueiredo; o Presidente do Tribunal Militar, coronel Rúbio Paulino Coelho; o diretor de Assuntos Institucionais do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais (CBM/MG), coronel Edirlei Viana da Silva.