Home > Comunicação > Notícias > “AMM nos Municípios – Encontro nas Macrorregiões” ganha mais força em Guarda-Mor

“AMM nos Municípios – Encontro nas Macrorregiões” ganha mais força em Guarda-Mor

Evento reuniu mais de 200 pessoas e ressaltou trabalho do presidente da AMM,
que levará modelo de gestão a eventos internacionais

A revisão do Pacto Federativo, judicialização da saúde e escassez de recursos foram pauta da terceira edição do “AMM nos municípios – Encontro nas macrorregiões”, no dia 18 de agosto de 2017, em Guarda-Mor, na região Noroeste mineira. O evento reuniu 209 pessoas, sendo 24 prefeitos e prefeitas, 30 vereadores, o vice-governador do Estado, Antônio Andrade, e o subsecretário de Estado de Cidades e Integração Regional, David Costa. Na solenidade, a sede da AMM foi transferida, simbolicamente, para o município de Guarda-Mor, além de contar com a apresentação de um grupo cultural local, com uma apresentação de folia de reis.

Na abertura do evento, o presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM) e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, enfatizou alguns dos objetivos do projeto “AMM nos municípios”. Entre eles, a missão de levar às diferentes regiões mineiras, a expertise da Associação de capacitar servidores públicos. E também o de destacar outra força da AMM, que é a de unir os prefeitos, para, juntos, combaterem a disfunção federativa, desequilíbrio causado pela concentração dos recursos na União e a responsabilidade pela execução dos serviços ficarem nos municípios, onde há menos verba.

Julvan Lacerda enfatizou que “é preciso transformar a realidade do municipalismo. O segundo ponto só pode ser mudado com ação política. Se nos unirmos, poderemos mudar o cenário nacional. O prefeito é que tem a base, a força. E poderemos transformar muita coisa, como aconteceu com a derrubada do veto do ISS recentemente. Enfrentamos o presidente e o sistema financeiro nacional (operadoras de cartões). Precisamos fazer uma transformação, nos fortalecermos e fazermos essa construção. Valorizar os nossos companheiros que estão nos rincões do Estado.”

Para o prefeito de Guarda-Mor, Edgar José de Lima, que é diretor da AMM Região Noroeste e presidente da Amnor, o evento visa aproximar os prefeitos, unir os municípios em prol das causas mais urgentes e pressionar as autoridades competentes. “Há vários prefeitos que não conheciam Guarda-Mor. Nós precisamos de força no Governo do Estado e no Governo Federal. Os recursos estão caindo, como aconteceu com a repatriação, que foi anunciada, muitos prefeitos fizeram compromissos e aí veio valor menor. As dificuldades são grandes. Por isso, estamos fazendo essas reuniões. Quero pedir, em nome dos prefeitos, que precisamos unir forças para ajudar o Noroeste na área da saúde e, também, com asfalto, estradas, como a que liga Guarda-Mor a Goiás, Vazante à BR-040”, enfatizou Edgar.

O vice-governador do Estado, Antônio Andrade, ressaltou a importância de fortalecer os municípios. Segundo ele, por esta razão, é preciso instaurar um Estado forte, é necessário se unir à AMM, que foi muito feliz em levar suas ações aos municípios mineiros por meio do “AMM nos Municípios – Encontro nas Macrorregiões”. Andrade também destacou que a entidade é uma ponte entre os entes federados, pois, reivindica e cobra do Estado e do Governo Federal. “Quando o Governo deixa de repassar os recursos aos municípios, tira a liberdade dos gestores municipais, condicionando e engessando as políticas públicas municipalistas. Precisamos nos unir, que AMM seja forte e nossa porta-voz. O presidente Julvan está de parabéns”, ressaltou o vice-governador.

O subsecretário de Estado de Cidades e Integração Regional, Davi Costa, compartilha e reforça a opinião de Julvan Lacerda, ao afirmar que “os municípios têm a responsabilidade, mas falta a autonomia para cumpri-las. Só a união de todos é que nos vai fazer sermos ouvidos no mais alto escalão da república.” O subsecretário enfatizou, ainda, que há novas formas de um município fomentar a sua economia, por meio da regularização fundiária, planejamento urbano e do apoio ao saneamento.

Municipalismo

As entidades que trabalham pelo desenvolvimento dos municípios devem estar sempre unidas. A afirmação é do consultor da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Ângelo Roncalli, que ressaltou a iniciativa da AMM e destacou a participação do Julvan como representante das associações estaduais e prefeitos do Brasil no Congresso que acontece no México de 25 a 27 de agosto e, também, em um fórum de desenvolvimento econômico, em Cabo Verde, para levar o modelo de gestão da AMM.

“A nossa causa é única. O associativismo, a unidade, é que transforma o dia a dia dos municípios para podermos melhorar as políticas públicas. Temos que fazer isso de forma organizada, ouvindo os anseios da comunidade. O Julvan, além da implantação das ações da AMM, é um dos presidentes de entidades estaduais mais presentes no Congresso Nacional. Ele realmente quer trabalhar alinhado com as entidades municipalistas, no sentido de unir forças e cobrar do Congresso a aprovação das causas prioritárias do nosso movimento”, afirmou Ângelo.

O prefeito de Uruana de Minas, Ronaldo Ferreira de Morais, parabenizou o presidente Julvan Lacerda por levar a associação ao interior de Minas Gerais. “As dificuldades que estamos passando são muitas. E, agora, vejo que acertei meu voto e você tem correspondido a isso. Estamos na expectativa de que a Lei Kandir possa nos desafogar. A nossa grande demanda no Noroeste é a área da Saúde. Essa luta é nossa. A única região que não tem Hospital Regional é o Noroeste. Presidente Julvan, parabéns por trazer a Associação ao Noroeste!”

A prefeita de Coromandel, Dione Maria Peres, compartilha da mesma opinião ao enaltecer a iniciativa do projeto. “Com essa vinda, hoje, vi coisas interessantes na sua fala, Julvan, e vendo em você a esperança de união para driblarmos os problemas que os prefeitos enfrentam. Nós somos responsáveis pela atenção básica e estamos pagando remédios de R$ 12 mil. Município não tem essa obrigação. O Governo deve para nós e a gente faz tudo sozinho. Que seja realmente a luta pelas coisas que parecem pequenas e que, para nós, são difíceis. Gostei muito do trabalho do Julvan à frente da AMM e vou filiar à entidade o mais rápido possível”, concluiu a prefeita.

“Minas ganha muito com o seu espírito e dinamismo, unindo todos os prefeitos e prefeitas na causa municipalista.” A frase é do deputado federal Domingos Sávio que salientou a importância do evento para fortalecer os gestores públicos. “Devemos nos orgulhar por abraçar a política, pois estamos reunidos e preocupados com a realidade política, com o cidadão, ou melhor, com o futuro de Minas, de maneira suprapartidária.”

 

Capacitação

No final da manhã, técnicos dos departamentos de Convênios, Jurídico, Meio Ambiente e de Saúde da AMM fizeram atendimento aos servidores públicos de Guarda-Mor.

Projeto

O “AMM nos Municípios” é um projeto pioneiro, que leva a sede da Associação Mineira de Municípios (AMM) às 10 macrorregiões do Estado de Minas Gerais, promovendo momentos de aprendizado e a troca de experiências entre gestores municipais.

O projeto tem como parceiros o Crea-Minas, Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG), Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MP-MG), o Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Cidades e de Integração Regional (Secir/Subsecretaria de Integração Regional) e da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), e apoio institucional da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALMG), da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e da Rede Minas de Televisão.

O próximo encontro será no dia 15 de setembro, em Guimarânia, na região mineira do Alto Paranaíba.

Publicado em 18 de agosto de 2017.