Home > Comunicação > Notícias > AMM e Crea-MG promovem evento sobre “Os impactos das mudanças climáticas na drenagem urbana”

AMM e Crea-MG promovem evento sobre “Os impactos das mudanças climáticas na drenagem urbana”

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Minas Gerais (Crea-MG) promoveu, em parceria com a Associação Mineira de Municípios (AMM), o evento virtual “Os impactos das mudanças climáticas na drenagem urbana”, no dia 22 de junho de 2022, no canal do youtube da AMMTVMinas.

De acordo com o assessor técnico de Meio Ambiente da AMM, Licínio Xavier, o evento seria restrito ao Grupo de Trabalho (GT) Saneamento e Recursos Hídricos do Crea-MG e pela importância do tema foi disponibilizado a mais pessoas por meio de plataforma virtual.

No painel sobre mudanças climáticas, com o diretor de gestão ambiental da SMMA-BH, Dany Silvio Amaral, que é doutor em Entomologia e secretário executivo do comitê de mudanças climáticas de Belo Horizonte, foram apresentados os temas: implementação de mecanismos de governança local participativa e democrática; prejuízos psicológicos, financeiros, sociais, ambientais e estruturais; planos de redução de emissões e adaptação às mudanças climáticas; desenvolvimento de legislações, inventários de GEE; e a destinação de recursos e financiamento público de políticas climáticas.

“Estamos vivendo momentos de emergência climática no mundo; cada vez mais temos eventos extremos, com chuvas, problemas de alagamentos, inundações nos municípios. Precisamos repensar as cidades. Para uma convivência melhor, qualidade ambiental melhor para as pessoas e, ao mesmo tempo, reduzir o risco de inundação. A mensagem é: diante desses eventos, vamos pensar em planejamentos, em planos locais de ação climática e, ao mesmo tempo, criar uma governança entre as prefeituras, a sociedade civil para tentar melhorar este desafio que bate às nossas portas”, ressaltou Dany Amaral.

Já no painel sobre drenagem urbana, com a professora Ana Paula Moni Silva, que é doutora em Mecânica dos Fluidos, foram discutidas questões como os prejuízos psicológicos, financeiros, sociais, ambientais e estruturais; a contribuição para diminuição das perdas; além de propor medidas e buscar recursos para melhoria da qualidade de vida daqueles que moram na dimensão da drenagem urbana.

Mais informações com o assessor técnico de Meio Ambiente da AMM, Licínio Xavier, pelo telefone (31) 2125-2418.