Home > COMUNICAÇÃO > Notícias > AMM alerta: macacos não transmitem febre amarela e devem ser preservados

AMM alerta: macacos não transmitem febre amarela e devem ser preservados

A preocupação com a febre amarela e a desinformação estão levando pessoas a matar macacos por medo de contágio. Diante disso, a Associação Mineira de Municípios (AMM) apoia a campanha da Associação Mineira de Defesa do Ambiente (AMDA) para conscientizar a população de que os macacos não transmitem a doença e precisam ser preservados.

Para as instituições interessadas na campanha, foram disponibilizadas arte para faixa e redes sociais. O arquivo é editável, portanto, as prefeituras podem inserir logomarca e afixá-la em locais que considerar mais estratégicos. É importante lembrar que o principal reservatório da doença é o mosquito, mesmo causador da dengue.

Matar ou agredir macacos – ou qualquer animal silvestre – é crime ambiental, com pena de até um ano de prisão e multa. O macaco é apenas um hospedeiro na mata, assim como o ser humano nas cidades. A preservação desses animais é importante para a prevenção da febre amarela.  Por isso, é preciso informar a Secretaria de Saúde do município sempre que encontrar esses animais mortos, para que a causa dos óbitos seja investigada.

Saiba mais

Todas as espécies de macacos podem ser vistos como guardiões, ou seja, encontrar esses animais mortos ao redor de áreas de mata pode indicar a presença do vírus na região, o que vai gerar a necessidade de campanha de vacinação das pessoas, antes que ocorram casos humanos da doença.

Portanto, os macacos, assim como os seres humanos, são vítimas da doença, que também pode matá-los, e não causadores.

No ciclo silvestre da febre amarela, os macacos são os principais hospedeiros do vírus, mas os vetores, ou seja, aqueles que carregam o vírus e o transmite, são os mosquitos com hábitos estritamente silvestres, que vivem nas matas.

A AMDA quer chamar atenção da população para o fato, e pede aos interessados que, se possível, incluam a logomarca da Associação, além de informar sobre a adesão à campanha.

Clique na imagem e salve o arquivo.